Total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de outubro de 2013


QUASE ACIDENTES SÃO SINAIS DE ALERTA 

Muitos acidentes quase acontecem... São aqueles que não provocam ferimentos apenas porque ninguém se encontra numa posição de se machucar. Provavelmente, se nós tivéssemos conhecimento dos fatos, descobriríamos que existem muito mais acidentes que não causam ferimentos do que aqueles que causam. 

Você deixa alguma coisa pesada cair de suas mãos e não acerta o próprio pé. Isto é um acidente, mas sem grandes conseqüências ou mesmo um pequeno ferimento. Você sabe o que geralmente faz com que um quase acidente não seja um acidente com ferimentos? 

Geralmente é uma fração de segundo ou uma fração de espaço. Pense bem. Menos de um segundo ou um centímetro separa você ou uma pessoa de ser atropelado por um carro. Esta diferença é apenas uma questão de sorte? Nem sempre!!!

Suponha que você esteja voltando para a casa à noite de carro e por pouco não tenha atropelado uma criança correndo atrás de uma bola na rua. Foi apenas sorte você ter conseguido frear no último segundo a poucos centímetros da criança? Não!!!

Um outro motorista talvez tivesse atropelado a criança. Neste exemplo os seus reflexos podem ter sido mais rápidos, ou talvez você estivesse mais alerta ou mais cuidadoso. Seu carro pode ter freios melhores, melhores faróis ou melhores pneus. De qualquer maneira, não se trata de sorte, apenas o que faz com que um quase acidente não se torne um acidente real. Quando acontece algo como no caso da criança quase atropelada, certamente, você reduzirá a velocidade sempre que passar novamente pelo mesmo local. Você sabe que existem crianças brincando nos passeios e que, de repente, elas podem correr para a rua. 
No trabalho um quase acidente deve servir como aviso da mesma maneira. A condição que quase causa um acidente pode facilmente provocar um acidente real da próxima vez em que você não estiver tão alerta ou quando seus reflexos não estiverem atuando tão bem. 

Tome por exemplo, uma mancha de óleo no chão. Uma pessoa passa, vê, dá a volta e nada acontece. A próxima pessoa a passar pelo local não percebe o óleo derramado, escorrega e quase cai. Sai desconcertado e resmungando. A terceira pessoa, infelizmente, ao passar, escorrega, perde o equilíbrio e cai, batendo com a cabeça em qualquer lugar ou esfolando alguma parte do corpo. 


Um material mal empilhado se desfaz no momento que alguém passa por perto. Pelo fato de não ter atingido esta pessoa, ela apenas se desfaz do susto e diz. “Puxa, essa passou por perto!” 

Mas se a pilha cai em cima de alguém que não conseguiu ser mais rápido o bastante para sair do caminho e se machuca, faz-se um barulho enorme e investiga-se o acidente.

A conclusão é mais do que óbvia. NÓS DEVEMOS ESTAR EM ALERTA PARA O QUASE ACIDENTE. Assim evitamos ser pegos por acidentes reais. Lembre-se que os quase acidentes são sinais claros de que algo está errado. Exemplo: Nosso empilhamento de material pode estar mal feito; a arrumação do nosso local de trabalho pode não estar boa. Vamos verificar nosso local de trabalho, a arrumação das ferramentas e ficar de olhos bem abertos para as pequenas coisas que podem estar erradas. Relate e corrija estas situações. 

Vamos tratar os quase acidentes como se fossem um acidente grave, descobrindo suas causas fundamentais enquanto temos chance, pois só assim conseguiremos fazer de nosso setor de trabalho um ambiente mais sadio. 







CONTE CONOSCO PARA TODO 

TRABALHO EM SAÚDE 

E SEGURANÇA NO TRABALHO E CURSOS 

DE  CAPACITAÇÃO NA ÁREA!!!



PARABÉNS ANIVERSARIANTES DO DIA!!!


$$$EMPREENDA, FAÇA E VENDA$$$
Aprendendo a fazer Glitter:

Materiais:

¼ xícara de sal

Corante para comida

PREPARO:



Preaqueça o forno a 200ºC.

Numa tigela pequena, misture o sal com ½ colherinha de 

corante para comida. Agora misture até que todo o sal fique 

com uma cor bem uniforme. Se desejar, pode fazer mistura 

das cores de corante.


Pegue uma assadeira e cubra-a com papel manteiga. Sobre 

esse papel, espalhe o sal pintado. Asse durante uns 10 

minutos, depois retire a assadeira do forno e deixe que o 

sal esfrie completamente antes de usá-lo.

Pronto! Agora você sabe como fazer gliter caseiro, e poderá 

usá-lo em todos os seus artesanatos. Você poderá guardar 

este gliter num potinho por bastante tempo dentro de um 

potinho hermético.





























CULINÁRIA FÁCIL...

CAÇÃO(PEIXE) AO FORNO!!! 
INGREDIENTES:

• 400 g de cação(ou qualquer peixe de sua preferência) em postas sem temperar
• 1 pacote de sopa creme de cebolas
• 2 cx de creme de leite
• 3 ou 4 batatas médias cortadas em rodelas
• Sal se necessário
• 1 tomate em rodelas
• Azeitonas a gosto (verdes ou pretas)
• 1 copo de requeijão
• 200 g de mussarela (pode ser fatias inteiras ou raladas)
• sal a gosto

MODO DE FAZER:

Descasque e corte as batatas em rodelas (menor que 1 dedo de espessura) e distribua-as (ainda cruas) em um refratário médio grande. Se preferir, passe um pouco de margarina ou óleo de soja no fundo do refratário antes de colocar as batatas. Misture a lata de creme de leite com o pacotinho de sopa de cebola e acrescente sal se achar necessário. Passe cada posta de cação nessa mistura, coloque-as no refratário em cima da camada de batatas. Se sobrar essa mistura de creme de leite e sopa de cebola, pode distribuir por cima do peixe, espalhando bem. Corte o tomate em rodelas e distribua sobre o peixe. Coloque as azeitonas de acordo com seu gosto (inteiras ou picadas). Distribua o requeijão. Cubra com as fatias de mussarela (inteiras ou raladas). Leve ao forno até que o peixe esteja assado e a batata esteja mole. Sirva quente acompanhado de arroz branco e bom apetite.
BOLO DE VIDRO DE MARACUJÁ
Ingredientes: 
Massa : 
1 ½ xícara (chá) de farinha de trigo 
1 colher (sopa) de fermento em pó 
1 pitada de sal 
2 colheres (sopa) de chocolate em pó (cacau) 
2 ovos separados 
1 xícara (chá) de açúcar 
½ xícara (chá) de manteiga ou margarina 
½ xícara (chá) de leite 

Massa: 
Pré aqueça o forno em temperatura média. Unte uma forma de aro removível de 25 cm de diâmetro e reserve. 

Em uma vasilha, misture a farinha, o fermento, o sal, e o chocolate. Reserve. Bata as claras em neve e reserve também. 

Bata o açúcar e a manteiga, junte as gemas uma por vez, adcione a mistura de farinha e o leite, sem parar de bater. Acrescente as claras em neve, e mexa com cuidado. Leve a assar por 20 a 30 minutos. Deixe esfriar. 

Mousse de maracujá: 
250 grs de chocolate branco 
½ lata de creme de leitre sem o soro 
1 xícara (chá) de suco concentrado de maracujá 
1 colher (sopa) de mel 
1 xícara (chá) de chantily batido 

Modo de Preparo: 

Derreter o chocolate no microondas, acrescentar o creme de leite, o mel, o suco de maracujá, mexer bem. Incorpore o chantily batido e reserve 

Mousse de Chocolate: 
250 grs de chocolate ao leite 
½ lata de creme de leite sem o soro 
1 colher (sopa) de mel 
1 xícara (chá) de chantily batido 

Modo de Preparo:
Derreter o chocolate no microondas, acrescentar o creme de leite, o mel, mexer bem. Incorpore o chantily batido e reserve.

Finalização:
8 xícaras (chá) de água
300 grs de açúcar
90 grs de gelatina sem sabor
1 cx de gelatina sabor maracujá

Chantily para decorar o bolo
Gotas de chocolate 

Tire 3 xícaras de água das 8 e hidrate a gelatina sem sabor, reserve. Ferva a água (as 5 xícaras) com o açúcar, acrescente a gelatina de maracujá dissolva bem, junte a gelatina desidratada mexa muito bem, espere esfriar completamente e transfira para uma jarra ( se formar espuma terá que tirar com a colher).

Desenforme o bolo, corte-o em duas partes, recheie a 1ª com mousse de maracujá, recoloque o bolo certinho, recheie a 2ª com a mousse de chocolate e coloque a outra parte do bolo. Cubra muito bem com o chantily batido e confeite a seu gosto. Coloque esse bolo (decorado) dentro de uma forma de 32 cm de diâmetro de fundo removível, untada apenas com óleo, leve ao freezer por 30 minutos.

 Coloque uma pequena quantidade da gelatina só no fundinho, volte ao freezer por 5 minutos (a gelatina endurece muito rápido), acrescente mais uns 2 cm de gelatina, volte ao freezer por mais 5 minutos. 

Estando dura a gelatina pode completar com o que sobrou de gelatina cobrindo totalmente o bolo, leve novamente ao freezer, tire quando perceber que a gelatina solidificou, retire do freezer e coloque na geladeira. Desenforme sómente no dia seguinte. 

Se quiser pode decorar com mais chantily e gotas de chocolate.  

MENSAGEM...






Nenhum comentário: