Total de visualizações de página

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

CORRETORES DE IMÓVEIS E VÍNCULO EMPREGATÍCIO - SEGURANÇA JURÍDICA DO TRABALHADOR!!!




(Seg, 14 Out 2013 17:29:00)

Um corretor de seguros da Companhia Brasileira Corretora 
de Seguros e Previdência (Cibraprev) conseguiu obter na 
Justiça do Trabalho o reconhecimento do vínculo de 
emprego e o direito ao recebimento de indenização por 
danos morais no valor de R$ 5 mil por ter sido 
alegadamente caluniado pela empresa. 

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho, ao não 
conhecer do recurso da seguradora, manteve o 
entendimento do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª 
Região (MG) acerca dos pedidos.

Vínculo

O Regional fundamentou sua decisão no fato de que os 
depoimentos das testemunhas chamadas pelo juízo de 
primeiro grau e a prova documental trazida nos autos 
demonstraram que o corretor de planos previdenciários 
atuou como típico empregado. Informaram que havia 
subordinação ao gerente, cumprimento de metas, 
comparecimento a reuniões, elaboração de relatórios e 
transferência do local de prestação dos serviços por ordem 
superior. Com estes argumentos o juízo manteve a decisão 
de primeiro grau que reconheceu o vínculo e determinou o 
pagamento de verbas daí decorrentes, participação nos 
lucros e multa pela não assinatura da carteira de trabalho 
(CTPS).

Em recurso ao TST, a companhia sustentou que a Lei 
4.594/1964, que regulamenta a profissão de corretor de 
seguros veda a formação de contrato de emprego entre 
corretor e empresa seguradora (artigos 17, alínea "b", e 18), e 
afirmou que o corretor era autônomo. A Turma, entretanto, 
considerou inaplicável a lei específica pois, no caso, ficou 
descaracterizada a prestação de serviços de forma autônoma 
e amplamente comprovada a subordinação direta às ordens 
ao controle da companhia.

Calúnia

A empresa foi condenada ainda por dano moral, no valor de 
R$ 5 mil, ao fundamento de que, ao acusar ex-empregados 
de subtrair cadastros de clientes, e o corretor teria sido 
caluniado. A acusação se deu de forma pública, em 
mensagem enviada a seus associados, na qual afirmava que, 
após reestruturação de seus escritórios, alguns operadores 
estariam procurando os associados com ofertas de 
transferência para outra instituição, "prática concorrencial 
desprovida de ética".

Embora não houvesse menção a nomes, o corretor afirmou 
que, por ter trabalhado muitos anos para a Cibraprev, foi 
procurado por vários associados, que perguntavam o motivo 
da correspondência e de sua saída da empresa.

Embora a empresa sustentasse a ausência de elementos 
suficientes para a condenação, a Turma considerou que a 
caracterização do dano prescinde da comprovação objetiva 
de dor, sofrimento ou abalo psicológico. Considera-se, assim, 
a ocorrência do dano moral presumido (dano in re ipsa).
(Dirceu Arcoverde e Carmem Feijó)





CONTATE-NOS E FAÇA NOSSOS CURSOS COM GARANTIA E CERTIFICADOS!!!

AOS ANIVERSARIANTES:



$$$EMPREENDA, FAÇA E VENDA$$$







enfeite-reciclado-com-copos-plasticos-2
enfeite-reciclado-com-copos-plasticos-3

































CULINÁRIA FÁCIL...



CANELONNE DE MASSA DE PASTEL

INGREDIENTES:
6 massas para pastel
250g de presunto em fatias
200g de queijo mussarela em fatias(OU QUALQUER RECHEIO Q PREFIRA!)
1 caixinha de creme de leite
1 lata de molho de tomate pronto
½ pacote de queijo parmesão ralado
Óleo para untar

PREPARO:
Enrole uma fatia de queijo e presunto dentro de cada massa de pastel.
Unte um refratário. Regue o fundo do recipiente com um pouco de molho para que a massa de pastel não grude quando for levada ao forno. Coloque os enroladinhos um ao lado do outro no recipiente.
Cubra os enroladinhos com o creme de leite. Por cima, coloque o restante do molho de tomate e salpique o queijo parmesão ralado.
Leve ao forno médio por aproximadamente 15 minutos ou até que a massa de pastel esteja cozida.


Torta de limao com iogurte grego 600x337 Torta de Limão com Iogurte Grego
INGREDIENTES:
½ Xícara (chá) de Amêndoas em lascas
¼ Xícara (chá) de Açúcar Mascavo
8 Colheres (sopa) de Margarina s/ Sal
1 Xícara (chá) de Farinha de Trigo
1 Colher (sopa) de Gelatina s/ Sabor
3 Potes de Iogurte Grego Natural
3 Colheres (sopa) Açúcar
4 Colheres (sopa) Leite
Raspas de 2 Limões
2 Colheres (sopa) Suco de Limão
250ml de Água

PREPARO:
Triture no liquidificador as Amêndoas e o Açúcar Mascavo até que vire uma farinha, transfira para uma tigela e junte a farinha de trigo e a margarina s/ sal, misture bem até formar uma massa homogenia.
Coloque a massa em uma forma untada com manteiga de modo que forre o fundo e um pouco das laterais (cerca de 3 dedos de altura).
Leve para gelar por 15 minutos, faça furos com um garfo e leve para assar em forno pré aquecido a 180ºC por 20 ou 30 minutos.
Enquanto a massa esfria, prepare o creme misturando o iogurte grego, suco de limão, raspas de limão e açúcar, misture bem reserve.
Coloque a gelatina sem sabor no leite, misture bem e deixe descansar por 1 minuto e leve para o micro-ondas por 10 ou 15 segundos, misture bem e junte ao creme.
Misture bem o creme com a gelatina sem sabor e despeje na massa já fria. Leve para gelar por cerca de 40 minutos ou até que o creme esteja frio.
Assim que o creme firmar, dissolva a gelatina de limão em 100ml de água bem quente e junte mais 100ml de água fria, misture bem, despeje com cuidado na torta e leve para gelar até firmar.





MENSAGEM...












Nenhum comentário: