Total de visualizações de página

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Good day scraps, graphics and comments for myspace, orkut, friendster


DISFONIA VOCAL EM TRABALHADORES
Cuidados vocais: questão de prevenção e saúde
 Vocal care: question of prevention and health
ABSTRACT
Planned by Brazilian doctors, the National Week of the Voice (Semana Nacional da Voz) conquered the world due to the huge reached success. This study has the objective to demonstrate the results reached during the 9th National Week of the Voice (9ª Semana Nacional da Voz) that took place in the Hospital das Clínicas of the Federal University of Goiás. During the event, 125 patients had been selected by the phonoaudiology team and manually filled a questionnaire elaborated for the campaign in the validity of possible pharyngolaryngeal alterations. The patients had been examined by the otorhinolaryngologist using indirect laryngoscopy and, when necessary, submitted to videolaryngoscopy. After medical evaluation, it was observed that 52 people (41,6%) had presented alterations in the speech organs or in proximal regions, in one patient paralysis of left vocal fold was detected and one patient presented tumoral injury. Considering all the patients attended, only one presented malignant neoplasm (squamous cell carcinoma), confirmed later by biopsy.
Key words: Laryngeal illnesses, Huskiness, Voice, Neoplasm, Prevention

A laringe é uma estrutura musculocartilaginosa com função específica de produção de som na fonação, função respiratória e esfincteriana. Frequentemente acometida nas doenças que se manifestam por meio das disfonias, como em outras estruturas, a laringe é vulnerável às mais variadas enfermidades, o que se agrava mais diante de determinados fatores de risco (etilismo e tabagismo).

A voz humana é única, faz parte de nossa individualidade, e é por meio dela que podemos expressar nossos sentimentos e emoções, nos comunicar, além de ela ser instrumento de trabalho para a grande maioria da população. Entre a população brasileira, a disfonia é a forma mais comum dos transtornos vocais. De origem multifatorial, a disfonia apresenta-se como qualquer distúrbio da voz em decorrência de uma alteração funcional e/ou orgânica do trato vocal11,12. O uso abusivo e inadequado da voz consiste em um importante exemplo de causa de disfonia.

OSSOS DO OFÍCIO...
LULA E  O CÂNCER DE LARINGE PELO USO EXCESSIVO DA VOZ EM SEU MANDATO E O USO ABUSIVO DE CIGARROS QUANDO MAIS JOVEM
(EM TRATAMENTO)!!!


A Academia Brasileira de Laringologia e Voz estima que de 20 a 30% dos brasileiros são acometidos por algum tipo de lesão nas pregas vocais. Enfermidades como essas, quando não tratadas adequadamente, podem evoluir para alterações mais severas, como o câncer de laringe, que afeta 15 mil brasileiros por ano.

O estado de São Paulo tem uma das mais altas prevalências de câncer laríngeo no mundo. A exposição profissional a agentes químicos e antecedentes familiares estão associados aos fatores de riscos ao câncer de laringe. O consumo de tabaco e bebidas alcoólicas ocupam papel de destaque entre os riscos para as neoplasias de cabeça e pescoço.

O diagnóstico e o tratamento precoce do câncer de laringe elevam em mais de 90% as chances de sobrevida livre da doença. Os especialistas consideram que a rouquidão persistente, pigarros, dores na garganta, dor e dificuldade ao engolir, dificuldade para respirar, cansaço vocal e perda da voz podem ser indicativos de lesões na laringe.
A Semana Nacional da Voz chegou em 2007 ao seu nono ano. Criada por médicos brasileiros em 1999, conquistou o mundo devido ao enorme sucesso alcançado. Em 2003, o evento ganhou o reconhecimento das mais importantes entidades internacionais em otorrinolaringologia, como a Federação Internacional das Sociedades de Otorrinolaringologia, a Academia Americana de Otorrinolaringologia e a Sociedade Europeia de Otorrinolaringologia. O reconhecimento gerou a aliança responsável pela homologação do 1º Dia Mundial da Voz, o dia 16 de abril. A campanha da voz tem por finalidade conscientizar a população sobre a importância e os cuidados com a voz, além de orientar e prevenir as doenças do mecanismo laríngeo.

Lamentavelmente, os hábitos de prevenção não fazem parte da cultura brasileira. Assim, o paciente com problemas vocais geralmente só procura o especialista quando a doença está bastante avançada.

PREVENINDO...


Voz

Para que a comunicação humana ocorra de forma eficaz é necessário que a transmissão de informações seja compreensível ao ouvinte.


A voz saudável é harmoniosa e prazerosa, o que facilita o entendimento da comunicação dos indivíduos.
Já a voz alterada dificulta a compreensão da comunicação, além de futuramente poder ocasionar uma doença vocal.
Por isso a necessidade de preservar a saúde vocal com intuito de promover uma boa emissão.



O que é Saúde Vocal?

São cuidados básicos que auxiliam a preservação da saúde vocal e a prevenção do aparecimento de alterações e doenças.





Dicas de Cuidados com a Voz

Podemos desenvolver hábitos e atitudes positivas para a voz.


Observe alguns cuidados:
1 - Manter-se sempre hidratado, bebendo pelo menos 8 a 10 copos de água ao dia;
2 - Evitar bebidas alcoólicas, já que estas provocam irritação na região da laringe;
3 - Evitar fumar, pois as toxinas do cigarro irritam nossa voz;
4 - Evitar tomar café, chás e refrigerantes. Estes contêm cafeína, que estimulam a irritação na laringe;
5 - Evitar chocolate, leite e seus derivados, pois estes favorecem o aumento de secreção (pigarro);
6 - Fazer repouso vocal após uso intensivo da voz;
7 - Não utilizar pastilhas fortes e sprays quando estiver com a garganta irritada, pois o efeito passa e a irritação na garganta aumenta;
8 - Comer maçã, pois esta possui ação adstringente, que limpa a laringe e boca;
9 - Evitar a ingestão de alimentos e bebidas geladas ou quentes em excesso, pois estes provocam choques térmicos;
10 - Nunca se automedicar.
11 - Evitar ingerir chás e infusões de efeito desconhecido, pois nem sempre resolvem o problema e podem acabar por irritar ou  ressecar as mucosas.



Abuso Vocal

Ao ultrapassarmos o limite saudável do uso da voz, podemos ocasionar um abuso. Este


pode comprometer a integridade da voz, sendo necessário seguir alguns cuidados básicos para evitar o mau uso e abuso vocal.
Exemplo:
- Pigarrear constantemente;
- Gritar demais;
- Falar sussurrando;
- Falar com esforço;
- Falar muito ao telefone;
- Cantar demais;
- Tomar pouca água;
- Usar roupas apertadas no pescoço, tórax ou cintura;
- Tomar bebidas geladas constantemente;
- Fumar;
- Tomar bebidas alcoólicas;
- Comer alimentos gordurosos ou excessivamente condimentados;
- Usar pastilhas e medicamentos em excesso quando está resfriado.

O QUE FAZER?!?!?
Diante de sintomas ou dificuldades vocais, consultar um Otorrinolaringologista ou o Fonoaudiólogo. Problemas de voz podem colocar sua profissão e até mesmo
sua vida em risco, mas são facilmente tratados quando precocemente identificados.



Referências
1. Tuma J, Brasil OOC, Pontes PAL, Yasaki RK. Configuração das pregas vestibulares em laringes de pacientes com nódulo vocal. Rev Bras Otorrinolaringol 2005; 71:576-581.           
2. Nemr K, Amar A, Abrahão M, Leite GCA, Köhle J, Santos AO, Corrêa LAC. Análise comparativa entre avaliação fonoaudiológica perceptivo-auditiva, análise acústica e laringoscopias indiretas para avaliação vocal em população com queixa vocal. Rev Bras Otorrinolaringol2005; 71:13-17.           
3. Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia. [site da Internet] [acessado 2007 abr 19]. Disponível em: http://www.sborl.com.br
4. Ferreira JB, Ferreira DS. Estudo descritivo de 451 atendimentos na Campanha da Semana Nacional da Voz. Rev Bras Otorrinolaringol 2001; 67:90-93.           
5. Fortes FSG, Imamura R, Tsuji DH, Sennes LU. Perfil dos profissionais da voz com queixas vocais atendidos em um centro terciário de saúde. Rev Bras Otorrinolaringol 2007; 73:27-31.           
6. Penteado RZ. Relação entre saúde e trabalho docente: percepção de professores sobre saúde vocal. Rev Soc Bras Fonoaudiol 2007; 12:18-22.           
7. Fuess VL, Lorenz MC. Disfonia em professores do ensino municipal: prevalência e fatores de risco. Rev Bras Otorrinolaringol 2003; 69:807-812.           
8. Gonçalves CGO, Penteado RZ, Silvério KCA. Fonoaudiologia e saúde do trabalhador: questão da saúde vocal do professor. Saúde Rev 2005; 7:45-51.           
9. Penteado RZ, Bicudo-Pereira IMT. Avaliação do impacto da voz na qualidade de vida de professores. Rev Soc Bras Fonoaudiol 2003; 8:19-28.           
10. Behlau M. Voz: o livro do especialista. Rio de Janeiro: Revinter; 2001.           
11. Jardim R, Barreto SM, Assunção AA. Condições de trabalho, qualidade de vida e disfonia entre docentes. Cad Saude Publica 2007; 23:2439-2461.           
12. Ortiz E, Costa EA, Spina AL, Crespo AN. Proposta de modelo de atendimento multidisciplinar para disfonias relacionadas ao trabalho: estudo preliminar. Rev Bras Otorrinolaringol 2004; 70:590-596.           
13. Wünsch FV. The epidemiology of laryngeal cancer in Brazil. São Paulo Med J. 2004; 122:188-194.           


CULINÁRIA FÁCIL...
POLENTA COM MOLHO DE LINGUÍÇA E GORGONZOLA


Ingredientes
- 1250 ml de água mineral
- 375 g de fubá da marca
- 3 colheres de sopa de manteiga sem sal
- 200 g de queijo gorgonzola picado
- 500 g de linguiça calabresa fresca
- 150 g de cebola picada
- 5 unidades de tomate sem pele e semente em cubos médios
- 150 ml de vinho branco seco
- QB de sal
- QB de pimenta do reino

Modo de fazer
- Leve a água com a manteiga e o sal (não coloque muito sal pois a linguiça e queijo já são bem salgados) até começar a ferver. Só cuidado para não deixar ferver muito. Quando começar a formar as primeiras borbulhas, já está bom.
- Junte o fubá aos poucos, mexendo sempre com uma colher grande (de preferência, de pau). Se perceber que está empelotando, dissolva o fubá em um pouquinho de água antes. Faça o mesmo se precisar colocar mais fubá pra acertar a consistência.
- Cozinhe em fogo brando até engrossar. O ponto deste angu deve ser o de uma polenta mole. Mas cuidado pois deve estar encorpado e não na consistência de uma sopa, procure sempre a cremosidade.
- Pique em pedaços pequenos a linguiça.
- Coloque um pouco de azeite e refogue a cebola picadinha com a linguiça.
- Adicione o tomate e o vinho. Tempere com sal e pimenta (cuidado novamente pra não salgar demais), abafe e cozinhe por alguns minutos. Deixe apurar um pouco pra virar um suculento molho de linguiça.
- Num refratário médio, faça a montagem: polenta, todo o gorgonzola, mais polenta e o molho de linguiça.

Todo o prato já é tão saboroso que o melhor acompanhamento é um arroz branco. Incrementando o menu, pode fazer uma saladinha verde de entrada.
Compre um belo vinho tinto ou uma cervejinha encorpada para degustar e pronto: a sua ocasião será especialíssima!

PÃO DE LÓ COM CÔCO



Delicia de côcoBem fácil de fazer
Receita base para a massa de pão de ló4 ovos
100 grs de acuçar
100 grs de farinha com fermento
Bater as claras em castelo , bater as gemas com o acuçar, misturar com a farinha e vai ao forno
.
Cobertura
1 lata de leite condensado, 100 grs de côco, leite ou acuçar em ponto de rebuçado, ( fica ao vosso critério optar pelo leite ou pelo acuçar). Misturar os ingredientes e cobrir o bolo depois de frio com o preparado e decorar a gosto.
Recomenda-se que o bolo seja feito e coberto de vespera de modo a que o molho seja absorvido pela massa e fique depois úmido e delicioso!!!
MENSAGEM...
VÁ EM PAZ..,NOSSO TRIBUTO Á FAMÍLIA PONTES FREIRE QUE PERDEU SUA MATRIARCA!!!
DEUS CONSOLE E AMPARE OS CORAÇÕES QUE FICARAM ÓRFÃOS DE SEU INFINITO AMOR DE MÃE...
 

Nenhum comentário: