Total de visualizações de página

segunda-feira, 20 de agosto de 2012




UMA EM CADA 03 LESÕES DE 
COLUNA OCORRE EM ACIDENTES DE 
OBRA  E QUEDAS DE LAJE!!!

O setor da construção civil grande dependência da mão de 
obra utilizada, que deveria contribuir para que este fosse um 
setor desenvolvido no aspecto de segurança no trabalho. 

Porém, o que se nota é que este continua sendo um dos 
setores produtivos com maior percentual de acidentes. Dessa 
forma, a utilização de equipamentos de proteção individual 
(EPI) na construção civil é necessário pelo risco de acidente 
que o trabalhador está propenso em uma obra. Normalmente 
a falta da utilização do EPI por parte do empregado ocasiona 
acidentes com ferimentos mais graves e que necessitem de 
maiores cuidados médicos. 

Além do uso do EPI, o empregador deveria ficar atento em 
disponibilizar informações das melhores práticas de 
segurança nas construções, através de conversas e reuniões, 
que disponibilize os principais detalhes de como evitar 
acidentes dentro do conteiro de obras, pois a falta de cuidado 
dos empregados pode ocasionar danos a si próprios e aos 
seus companheiros de trabalho.

E quais os principais equipamentos que devem ser utilizados 
pelos profissionais da construção civil? Capacete: proteção 
contra impacto no crânio; óculos: proteção para os olhos; 
protetor auricular: proteção para o ouvido; mascará para 
proteção contra pó da obra e químico: proteção para as vias 
respiratórias; trajar roupas como calça e camisa comprida; 
luvas de couro ou de plástico: proteção contra material 
corrosivo ou toxico e contra materiais que possam provocar 
cortes; botas ou botinas: proteção contra produtos químicos, 
materiais perfurantes e impactos; e cinto de segurança para 
proteção contra queda.

Levantamento realizado no Instituto de Ortopedia e 
Traumatologia do Hospital das Clínicas da FMUSP, ligado à 
Secretaria de Estado da Saúde, revela que um em cada três 
pacientes internados com fratura da coluna sofreu queda de 
altura (em obra autônoma ou de pequena empreiteira ou em 
atividades recreativas que ocorrem em lajes). Segundo o 
ortopedista Alexandre Fogaça, muitos dos acidentes ocorrem 
por falta de e proteção ou uso inadequado dos equipamentos 
de segurança. Comuns e altamente incapacitantes, as lesões 
acontecem, na maioria dos casos, em consequência de 
acidentes de trabalho ou de atividades recreativas onde 
ocorrem às quedas. Mais de 80% das vítimas são homens 
entre 18 e 45 anos. “São pessoas que, no auge da 
produtividade, levarão sequelas para o resto da vida”, diz o 
ortopedista.
Na ortopedia do HC, 60% dos pacientes com fratura da 
coluna chegam com lesão neurológica que deixam o 
indivíduo permanentemente incapacitado e necessitando de 
auxílio permanente. “Todos que dão entrada com lesão 
medular e são operados perdem, no mínimo, a mobilidade da 
coluna na área da cirurgia e a grande maioria evolui com 
alguma sequela neurológica, limitando a força dos braços e 
pernas e o controle de micção e evacuação”, explica Fogaça. 
A média de permanência de um lesado medular no hospital é 
de três meses, passam por uma ou duas cirurgias, e levam no 
mínimo um ano para se reabilitar. Apenas 30% deles 
retornam ao mercado de trabalho, mesmo assim, com algum 
tipo de comprometimento leve.

“Pacientes com lesão medular são mais vulneráveis a contrair 
infecções urinárias, desenvolver escaras e outros problemas”, 
relata Fogaça. Para o especialista, com a expansão da 
construção civil e a popularidade de atividades recreativa nas 
lajes, é fundamental a criação de campanhas de prevenção. 
“A fratura da coluna é endêmica, cada vez mais comum, é 
preciso orientar a população para o uso de equipamentos de 
segurança corretamente e para não subir nas lajes”, conclui.



COLUNA VERTEBRAL E CUIDADOS!!!
Dependendo da região, localização ou gravidade da compressão do nervo é que será definido o tipo de irradiação, que pode atingir uma área contínua ou parcial.

Além da dor irradiada, existem casos onde a dor ocorre apenas no local da lesão.

Algumas situações do dia-a-dia no trabalho ou em casa contribuem para o aparecimento das lesões na coluna vertebral ou nos discos intervertebrais: escorregar enquanto caminha; um objeto vai cair ao chão e abruptamente tenta-se pegá-lo; levantar uma carga em local inacessível; suportar peso com o corpo; pegar ou manusear, cargas mais pesadas dobrando o tronco para frente, ou dobrar o tronco lateralmente ou torcer o tronco para um lado; pegar ou manusear objetos pesados longe do corpo; pegar ou manusear cargas muito altas ou muito baixas, esticando os braços.

As doenças de um modo geral não acontecem da noite para o dia, elas são cumulativas e progressivas. Certamente, todos os dias as pessoas realizam alguma atividade que pode prjudicar a coluna.

Assim, todas as vezes que se aumenta ou elimina as curvaturas fisiológicas da coluna estão dadas as condições para o aparecimento da dor nas costas. A dor pode ou não ser associada a uma lesão no disco, pois quando não ocorre uma lesão no disco pode estar havendo apenas uma contratura muscular.

Por isso, ATENÇÃO com: carga longe do corpo; carga muito baixa, carga elevada; movimentação freqüente de carga; carga com pega ruim (mala sem alça).

Boa técnica para lidar com peso: sempre perto do corpo; elevadas à 75 cm do piso; pequenas distâncias a percorrer; pesos leves; ocasionalmente; simetricamente e sem rotação do tronco; com uma pega adequada.
Para Finalizar:
Não há problema em manipularmos cargas (desde que sejam observados os cuidados com a coluna);
No caso de cargas volumosas utilizar a posição semi fletida joelho/coluna;
Peças que possam ser pegas com apenas uma das mãos no interior de caixas ou caçambas, deve-se apoiar um dos braços na borda da caçamba e levantar com o outro.

Tratamento:

Um repouso limitado combinado com atividade física e educação apropriados constitui-se, em geral, na forma primaria de terapia para este problema. Além disso, poderão ser incluídos medicamentos antiinflamatórios, analgésicos, relaxantes musculares ou anti-depressivos.



A dor nas costas aguda, em geral desaparece por si própria, após dias ou semanas. Uma bolsa de gelo ou de água quente aplicada sobre as costas também pode ajudar a aliviar a dor. Permanecer na cama durante um período prolongado não traz benefícios, pois debilita a musculatura.

Prevenção:

Para evitar episódios recorrentes de dor nas costas, recomenda-se que se faça atividade física regular, exercícios de alongamento antes de começar qualquer esporte, abandonar o cigarro, perder peso, manter uma postura correta, utilizar assentos cômodos, dormir de lado com os joelhos flexionados ou com as costas sobre um travesseiro e os joelhos dobrados, evitar permanecer numa mesma postura por tempo prolongado e reduzir o estresse emocional que provoca tensão muscular.


Referências:
  • Patologia do Trabalho, René Mendes, Editora Atheneu, 1995, Rio de Janeiro, Parte II, cap.8.
  • Programa de Educação a Distância de Medicina Familiar e Ambulatorial - PROFAM - Entrega IV, Cap. 27, 2003, NEC Gráfica, Argentina.
  • Medicina Ambulatorial: Condutas de Atenção Primária Baseadas em Evidências, 3ª edição, Bruce B. Duncan, Artmed, 2004.






 

$$$ EMPREENDA, FAÇA E VENDA$$$
PATCH APLIQUÊ
PASSO Á PASSO
COMO FAZER APLICAÇÃO COM TERMOCOLANTE

Material

Camiseta, pano de prato ou toalha para receber a aplicação
Tecidos estampados de algodão
Ferro a seco
Papel termo colante
Molde com desenho
Lápis 6B
Linha para casear (meada)

Agulha

tesoura











CULINÁRIA FÁCIL...
FILÉ DE PEITO DE FRANGO GRELHADO/SELADO Á GOSTO, MOLHO SHOYU E ESPECIARIAS, SALADA DE CENOURA OU ABÓBORA COM VAGEM PUXADA NA MANTEIGA  E ERVAS, E SERVIDOS COM ARROZ BRANCO!!!

E DE SOBREMESA...
BOLO PRONTO DE ABACAXI, COM CALDA DE FRUTA ABACAXI COM CÔCO!!!

COBERTURA, INGREDIENTES :

400g de leite condensado



1/3 de manteiga derretida



1 xícara de coco ralado



½ colher de chá de baunilha



MODO DE PREPARO :



Misture o leite condensado e a manteiga derretida e deixe 
ferver. Mexendo constantemente, ferva por 4 minutos. 
Adicione o coco e misture. Espalhe a mistura ainda quente 
sobre o bolo.

VENDE-SE IMÓVEL
PARA VENDA IMÓVEL  NO ESTADO DE RONDÔNIA/AMAZÔNIA/BRASIL
ÓTIMA LOCALIZAÇÃO NA CAPITAL PORTO VELHO, COM 05 SUÍTES, 10 BANHEIROS, A´REA DE SERVIÇO, 02 SUITES DE EMPREGADOS, ÁREA DE FESTA, GARAGEM PARA 04 CARROS, PISCINA  DE 8M POR 18M DE LARGURA, SALA, SALA DE JANTAR, COPA, COZINHA, SALA DE SOM, SALA DE VISITAS, PORTÃO ELETRÔNICO, CERCA ELÉTRICA!!!

CONTATO PELOS TELEFONES ACIMA!!!

 For SALE PROPERTY in the STATE of RONDÔNIA/AMAZON/BRAZIL GREAT LOCATION in PORTO VELHO, CAPITAL apartments, 10 bathrooms, 05 the UMA suruba REA, 02 SUITES EMPLOYEES PARTY area, GARAGE for CARS, pool 8 m 04 by m wide, living room, dining room, pantry, kitchen, SOUND ROOM, living room, ELECTRONIC DOOR, ELECTRIC FENCE! CONTACT BY PHONE UP!!!

MENSAGEM...







Nenhum comentário: