sexta-feira, 4 de junho de 2010

DORES DE CABEÇA, ENXAQUECAS, DORES NA COLUNA... DOR, DOR, DOR?!?!?
ANOS E ANOS EM NEUROLOGISTAS E ORTOPEDISTAS E NADA?!?!?
JÁ CONHECE TODOS OS TIPOS DE ANALGÉSICOS?!?!?...E...NADA DE MELHORAR?!?!?
JÁ NÃO SAI MAIS PARA PASSEAR, PAQUERAR,
NAMORAR, CURTIR UM HAPPY HOUR?!?!?
É SÓ IR AO DENTISTA!!!
QUE DESCOBRIMOS A CAUSA DE TANTO DESCONFORTO E DOR!!!

COM VOCÊS A: ATM - ARTICULAÇÃO TEMPOROMADIBULAR

A articulação temporomandibular é a articulação da mandíbula com o crânio, especificamente o processo côndilar da mandíbula com o osso temporal. Note que a grafia têmporo-mandibular é errada, embora frequente.


A simetria ditada pela ATM tem que ser constante. Unida com as articulações da coluna cervical e cintura escapular, a ATM trasforma-se em um perceptível péndulo, consequentemente sua distonia provocará distúrbios posturas diretos na coluna cervical e na cintura escapular, promovendo assim, alterações posturais que podem acometer a coluna lombar e os membros inferiores. Não existe sequer exatas confirmações científicas de que a disfunção da ATM pode levar a tal disfunção postural de lombar para baixo, mas muitos estudos na área da saúde demonstraram alguns pacientes com tais alterações posturais e possuiam uma disfunção temporomandibular.
As articulações temporomandibulares com freqüência apresentam defeitos em seu funcionamento normal, gerando a condição conhecida como disfunção temporomandibular. Tal situação é vista pela Odontologia, Fisioterapia e Fonoaudiologia, a última principalmente.


Estas articulações também são freqüentemente atingidas nos Traumatismos de face, como os que ocorrem nos acidentes automobilísticos, sendo nestes casos manejadas pela Traumatologia.
 
Alguns dos sintomas mais comuns de D-ATM são:


Dores de cabeça (freqüentemente parecidas com enxaquecas), dores de ouvido, dor e pressão atrás dos olhos;

Um "clique" ou sensação de desencaixe ao abrir ou fechar a boca;

Dor ao bocejar, ao abrir muito a boca ou ao mastigar;

Mandíbulas que "ficam presas", travam ou saem do lugar;

Flacidez dos músculos da mandíbula;

Uma brusca mudança no modo em que os dentes superiores e inferiores se encaixam.

Como tratar a D-ATM?

Embora não exista uma cura para a D-ATM, existem diversos tratamentos que você pode seguir para diminuir consideravelmente os sintomas. Seu dentista pode recomendar um ou mais dos seguintes tratamentos:

Tentar eliminar a dor e o espasmo muscular através da aplicação de calor úmido ou através de medicamentos como relaxante muscular, aspirina ou outros analgésicos comuns, ou ainda antiinflamatórios;

Reduzir os efeitos prejudiciais de travamento ou rangido, por meio de um aparelho, algumas vezes chamado de placa de mordida ou "splint". Este aparelho, feito sob medida para sua boca, se encaixa nos dentes superiores e ao deslizar sobre os dentes inferiores impede estes dentes inferiores de ranger contra os dentes superiores;

Aprender técnicas de relaxamento para ajudar a controlar a tensão muscular na mandíbula. Seu dentista pode sugerir que você procure condicionamento e aconselhamento para ajudar a evitar o estresse;

Pode recomendar ainda caminhadas e exercícios que alonguem e relaxem.

Quando partes da mandíbula são afetadas e os tratamentos não surtiram efeito, uma cirurgia na articulação pode ser recomendada.

D-ATM ocorre quando a complexa articulação que movimenta sua mandíbula não funciona bem.



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
EXCELENTE FINAL DE SEMANA E BEBA COM MODERAÇÃO OU NÃO BEBA!!!
 

2 comentários:

Valores e atitudes seguras disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Filipe Nunes disse...

Muito interessante seu blog, parabéns!

Visite: http://valoreseatitudes.blogspot.com