Total de visualizações de página

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

FIQUE ESPERTO TRABALHADOR E NÃO CEDA Á MENTIRA QUE A EMPRESA QUEIRA QUE VOCÊ AVALISE!!!




Trabalhadora que se recusou a 


testemunhar a favor da empresa 


consegue aumentar valor de 


indenização



Conforme o processo, a funcionária, contratada pela 
Teleperfomance para trabalhar para Sky, teria sido convocada 
para testemunhar em litígio de danos morais movido por um ex-
funcionário. Mas antes da audiência, alertou a advogada da 
empresa que, de fato, teria havido assédio moral por um dos 
gerentes da Sky ao funcionário, e que "não iria mentir em seu 
depoimento".

Perseguição

A advogada, então, pediu que ela relatasse o acontecido por 
escrito e a dispensou da audiência. Com isso, de acordo com a 
funcionária, o gerente passou a persegui-la diariamente, 
reclamando que ele estava trabalhando com pessoas que "não 
eram de confiança" e que em breve "haveria mudanças na 
equipe". 

Seis meses depois, a funcionária foi demitida.

Na reclamação trabalhista, a empresa negou a relação entre a 
demissão e a recusa em testemunhar em audiência.  A 
Teleperformance ainda contestou que o depoimento do gerente, 
negando o ocorrido, não havia sido considerado. Em maio de 
2012, a 83ª Vara de Trabalho de São Paulo considerou o dano, 
condenando a Teleperformance e, subsidiariamente, a Sky, a pagar 
R$ 20 mil por danos morais à trabalhadora.

Para o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP), a prova 
oral da trabalhadora era robusta o suficiente para conclusão de 
que houve retaliação na dispensa. No entanto, consideraram alto o 
valor da indenização, reduzindo-o para R$ 5 mil.

Em recurso de revista, a funcionária pediu o aumento do valor, 
defendendo que a quantia fixada pelo regional era "ínfima", não 
correspondendo à razoabilidade e a proporcionalidade do dano 
causado.

Ao analisar o caso, o ministro relator, Renato Lacerda Paiva 
observou que, de fato, o valor era muito baixo e propôs a 
majoração para R$ 20 mil, valor arbitrado inicialmente pelo juiz 
de origem. "A indenização por danos morais fixada em R$ 5 mil 
estabeleceu indenização de reduzida proporção", disse o 
magistrado. A decisão foi aprovada por unanimidade pelos 
demais ministros da Turma.
(Paula Andrade/RR)Processo: RR-1499-02.2011.5.02.0083

AOS AMIGOS PREVENCIONISTAS:

 O Comitê Permanente Regional do Trabalho sobre Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção do Estado de Rondônia – CPR-RO,

VAI REALIZAR O EVENTO ABAIXO

 NOS DIAS 30 E 31 DE 

OUTUBRO/2014!!!

PARTICIPAR É MELHORAR OS CONHECIMENTOS E SAIR NA FRENTE DOS QUE AINDA NÃO SABEM QUE O SUCESSO É FRUTO DE SABER E APRIMORAR ESSE SABER SEMPRE ATUALIZADOS.

INSCREVA-SE:
PARA NOSSAS: 
MEDIÇÕES E PROJETOS,  
DDS, PALESTRAS,
 WORKSHOP'S, TREINAMENTOS, 

INSTITUIÇÃO E CURSO 

DE CIPA, NR's, 

CURSOS DE ORATÓRIA, 5 'S', 

SEUS DIREITOS TRABALHADOR 

 EMPRESA, HIGIENE 

 COMPORTAMENTO 

ORGANIZACIONAL,

CONTATE-NOS PELOS E-MAIL'S: 

ecs559@hotmail.com 

liliansat9@hotmail.com 


PARABÉNS TST'S!!!

$$$EMPREENDA, FAÇA E VENDA$$$


CULINÁRIA FÁCIL:


TORTA DE MILHO:



Recheio:

2 colheres (sopa) de azeite

2 cebolas médias picadas

2 latas de milho verde
1 pimentão vermelho picado
2 tomates picados
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Salsinha e Cebolinha a gosto

Molho branco:
750ml de leite
1 gemas
2 colheres (sopa) de maisena
Pitada de sal
1 colher (sopa) de manteiga
1 lata de creme de leite

Massa:
1 ovo inteiro
1/2 xícara (chá) de leite
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
200gr de chestter picado

200gr de queijo mussarela picado
1 pacote de batata palha

Modo de preparar:
Recheio: Numa panela, frite a cebola.
Junte o milho e o pimentão.
Acrescente o tomate, o sal e a pimenta.
Deixe refogar o milho por uns 5 minutos.
Coloque o tempero verde e desligue. reserve.

Molho branco:
Em outra panela, coloque o leite e a gema.
Mexer bem para não talhar a gema.
Acrescente a maisena. Mexer até engrossar.
Desligue o fogo.
Coloque o sal, a manteiga e o creme de leite.
Mexer até ficar homogêneo. Reserve.

Massa:
Numa bacia, coloque a farinha, o leite e o ovo.
Misture bem.
Coloque toda a massa em um refratário untado.
Faça uma camada com o recheio.
Coloque o chestter picado e o queijo picado por cima.
Finalize com o molho branco.
Leve para assar por aproximadamente 30 minutos.
Retire do forno.


Coloque a batata palha por cima.
Servir em seguida.

Dica: Se preferir pode substituir a massa da receita por
massa de lasanha pré cozida. Também fica uma delícia.
Bom Apetite.


BOLO DE MANDIOQUINHA

5 ovos

2 xícaras (chá) de açúcar
150g de manteiga
2 xícaras (chá) de mandioquinha cozida
1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (chá) de fécula de batata
1 colher (sopa) de fermento em pó

Cobertura:
1 caixa de leite condensado
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de achocolatado em pó
Chocolate granulado para polvilhar
Cerejas para decorar

Modo de Preparo:
Na batedeira, bata os ovos com o açúcar e a manteiga até ficar cremoso.
Junte a mandioquinha, sem casca, fria e amassada.
Bata até misturar.
Adicione aos poucos a farinha peneirada com a fécula e o fermento, batendo até ficar bem misturado.
Coloque numa assadeira untada.
Leve ao forno, preaquecido em temperatura média, por 40 minutos.
Reserve até esfriar e desenforme.

Cobertura: Leve ao fogo todos os ingredientes, exceto o granulado.
Mexa sempre até engrossar (tipo brigadeiro mole).
Despeje a cobertura sobre o bolo e polvilhe com o granulado.
Decore com as cerejas.
Sirva em seguida.


MENSAGEM:

Nenhum comentário: