Total de visualizações de página

quarta-feira, 1 de outubro de 2014




CINTO DE SEGURANÇA: A SEGURANÇA DE QUEM TRABALHA EM ALTURA

Define-se trabalho em altura aquele executado em níveis diferentes do solo e no qual haja risco de queda capaz de causar lesão ao trabalhador, ou seja, os trabalhos que são executados em alturas superiores a dois metros (andaimes, plataformas, escadas), assim como os trabalhos em profundidades (escavações e poços) NR 35.1.2.

Para a realização de atividades em altura os trabalhadores devem possuir os exames específicos para a funçãocomprovados no Atestado de Saúde Ocupacional (ASO); estar em perfeitas condições físicas e psicológicas, paralisando a atividade caso sinta qualquer alteração em suas condições e estar treinado e orientado sobre todos os riscos envolvidos.
Os equipamentos de segurança individual (EPI) utilizados pelo profissional que trabalha no alto devem ser especificados e selecionados com cuidado, considerando o conforto, a carga aplicada aos mesmos e o respectivo fator de segurança em caso de queda. Além dos riscos em que o funcionário está exposto, devem ser levados em conta riscos adicionais.
Para segurar o funcionário no alto, existem diferentes tipos de materiais, como cintos de segurança, trava quedas, cordas, cadeira suspensa, bolsa de lona, mosquetão, entre outros.
 Cinto de segurança: a segurança de quem trabalha em altura
Tipos de cintos de segurança
Os cintos estão divididos conforme a necessidade da segurança na atividade exercida:
Cinto de segurança tipo paraquedista, com quatro pontos de ancoragem, confeccionado em fita de material sintético (poliéster): indicado para deslocamento seguro em altura, posicionamento, prevenção e parada de queda.
Cinto de segurança tipo paraquedista com fixação peitoral, abdominal, dorsal e lateral: ideal para trabalhos suspensos com longa duração.
Cinto de segurança tipo paraquedista com fixação peitoral e dorsal: indicado para deslocamento, prevenção e parada de queda.
- Cinto de segurança tipo paraquedista com três pontos de ancoragem: indicado para descida e resgate do trabalhador em espaços confinados, deslocamento seguro em altura, prevenção e parada de queda.
Cinto de segurança tipo paraquedista com quatro pontos de ancoragem: indicado para trabalhos em ambientes confinados.
Cinto de segurança tipo paraquedista com fixação dorsal: indicado para prevenção e parada de queda.
Cinto de segurança: a segurança de quem trabalha em altura
Ao procurar um EPI desse tipo, tenha atenção à qualidade, pois existem vários modelos no mercado para diversos tipos de atividades.
Não se esqueça, também, dos outros equipamentos de segurança para trabalho em altura, lembrando que todos devem ser aprovados pelo Inmetro tendo o Certificado de Aprovação.
PARA NOSSAS: 
MEDIÇÕES E PROJETOS,  
DDS, PALESTRAS,
 WORKSHOP'S, TREINAMENTOS, 

INSTITUIÇÃO E CURSO 

DE CIPA, NR's, 

CURSOS DE ORATÓRIA, 5 'S', 

SEUS DIREITOS TRABALHADOR 

 EMPRESA, HIGIENE 

 COMPORTAMENTO 

ORGANIZACIONAL,

CONTATE-NOS PELOS E-MAIL'S: 

ecs559@hotmail.com 

liliansat9@hotmail.com 




PARABÉNS TST's!!!

$$$EMPREENDA, FAÇA E VENDA$$$

***OUTONO...


CULINÁRIA FÁCIL...


LEGUMES GRATINADOS


Ingredientes

500 g de batata sem casca em rodelas finas
2 cenouras sem casca cortadas em cubinhos
Sal a gosto
1 caixa de creme de leite
3/4 de xícara (chá) de maionese
1/2 tablete de caldo de legumes esmigalhado
1/2 xícara (chá) de ervilhas
1 pimentão pequeno verde sem sementes, em cubos
1 pimentão pequeno vermelho sem sementes, em cubos
1 pimentão amarelo sem sementes, em cubos
1/2 xícara (chá) de milho-verde
1 xícara (chá) de queijo mussarela ralado
1/2 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
Modo de Preparo

Cozinhe a batata e a cenoura em água e sal até ficarem macias.
Escorra e reserve.
Aqueça ligeiramente o creme de leite e misture à maionese.
Retire do fogo e dissolva o tablete de caldo no creme de leite quente.
Misture as ervilhas, os pimentões e o milho. Reserve.
Arrume uma camada de batata e cenoura num refratário.
Cubra com a mistura de creme de leite.
Por cima, ponha a mussarela.
Repita as camadas e finalize com o creme de leite.
Polvilhe o queijo ralado e leve ao forno até gratinar.
Sirva quente.


BALA DE GELATINA:


Docinho:

1 lata de leite condensado

1 pacote de gelatina do sabor de sua preferência
1 colher (sopa) de margarina
Cobertura:
1 pacotinho de pedrinhas de granulado
1 xícara de açúcar

MODO DE PREPARO
Docinho:
Derreta a margarina, misture o leite condensado e a gelatina, levar 

ao fogo e mexer até desgrudar da panela
Deixe esfriar no congelador para enrolar
Cobertura:
Peneire todo o açúcar e misture com as pedrinhas de granulado
Quando enrolar o docinho passe na mistura



MENSAGEM:


Nenhum comentário: