Total de visualizações de página

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013



31 ANOS DA INSTALAÇÃO DO ESTADO DE RONDÔNIA

O encontro do governador Confúcio Moura com jornalistas na tarde desta quinta-feira (3), no Palácio Presidente Vargas em Porto Velho, teve como objetivo parabenizar por meio dos veículos de comunicação cada “rondoniense e rondoniano”, pessoas responsáveis por desenvolver o ex-Território Federal de Rondônia, hoje o Estado de Rondônia, instalado no dia 4 de janeiro de 1982, há exatos 31 anos.

Confúcio Moura ainda destacou a razão pela qual o Governo da Cooperação decidiu não realizar cerimônia em comemoração a data. “Estamos no início do ano, alunos de férias e muitas repartições públicas não funcionam na sua totalidade. Mesmo querendo, não seria fácil reunir estudantes para participar do ato cívico. Percalços o qual nos impossibilitou para a realização”, afirmou.

Decidimos nos voltar ao povo rondoniense por meio de quem faz chegar a nossa comunicação, a nossa imprensa, escrita, falada e televisionada. E por meio dos comunicadores, Confúcio Moura, disse: “O povo rondoniense tem sido um batalhador. Nenhum Estado da Federação avançou tanto nos últimos anos quanto Rondônia na região Norte”.
Ao se referir à população como guerreira, Confúcio destacou o primeiro governador do Estado de Rondônia, Jorge Teixeira, nomeado na época pelo então presidente do Brasil, João Batista Figueiredo que não compareceu a cerimônia de nomeação no dia, mas foi representado pelo então ministro da Justiça, Ibrahim Abi – Ackel, ato ocorrido em 29 de dezembro de 1981. 

Para o chefe de Estado, Jorge Teixeira é um “marte” do desbravamento do Estado que hoje integra uma das principais veias da economia nortista se destacando como outros Estados brasileiros. “Os rondonienses têm se mostrado uma força fora do comum. Que continuem a amar Rondônia”, frisou o governador, ao se referir à importância do trabalho da população em benefício do desenvolvimento do Estado.
Um dos servidores mais antigos do Estado, João Luiz Kerdy orgulha-se de ter sido contratado pelo governador Jorge Teixeira de Oliveira em 1981, com apenas treze anos, onde desempenhou a função de office boy. Trabalhou na antiga Secretaria de Estado da Cultura (Secet) atualmente Secel. “O governador Jorge Teixeira teve um papel importante para Rondônia.

Partiu dele a construção da Usina Hidrelétrica de Samuel e a inauguração da BR-364 no trecho de Porto Velho a Cuiabá (MT), além da reativação da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM). Se Jorge Teixeira desbravou, o governador Confúcio Moura tem a frente à continuação de um Estado forte e idealizado por mentes brilhantes, cada um teve a sua participação para transformar Rondônia em uma grande federação respeitada Brasil a fora. Tenho orgulho de ter convivido com Jorge Teixeira. Sou acreano, mas meu Estado é Rondônia para sempre”, conta.

Instalação
O aniversário do Estado de Rondônia é comemorado oficialmente no dia 4 de janeiro, data em que Ibrahim Abi Ackel, o ministro da Justiça na época, representando o Presidente Figueiredo, na sacada do Palácio Presidente Vargas, anunciava na presença de um grande número de pessoas a instalação do Estado de Rondônia.

Mas historicamente Rondônia foi criada em 13 de setembro de 1943, com o nome de Território Federal do Guaporé e depois batizado como Território Federal de Rondônia. Através da Lei Complementar n. 41, de 22 de dezembro de 1981, por inspiração do deputado federal Jerônimo Santana que foi transformado de Território Federal para Estado pelo então Presidente João Batista de Figueiredo.

A Lei foi publicada no Diário Oficial da União no dia 23 de dezembro de 1981 e, por este ato, o Presidente Figueiredo foi homenageado com um busto que também está colocado na entrada principal do Palácio Presidente Vargas, sede do Governo do Estado até 2012.A idéia de transformar Rondônia em Estado surgiu no final da década de 1960 e se consolidou em 1970. Na época o Estado passava por grandes transformações favorecidas pelos ciclos econômicos.

Em 1981, o Território Federal de Rondônia é transformado em Estado, e seu primeiro governador foi Jorge Teixeira de Oliveira, de 22 de dezembro de 1981 a 14 de maio de 1985. Pela necessidade de afastamento do Governador, no período de 04 de janeiro a 15 de fevereiro de 1984 o cargo é ocupado pela Senhora Janilene Vasconcelos de Melo, seguida de Ângelo Angelin, de 14 de maio de 1985 a 15 de março de 1987.
Até esta data os governadores do antigo Território Federal do Guaporé e novo Estado de Rondônia foram nomeados pelo Presidente da República. Desta data em diante passaram a ser eleitos, o primeiro a assumir foi Jerônimo Garcia de Santana, que governou de 15 de março de 1987 a 15 de março de 1991.

Industrialização do Estado
“A cada dia Rondônia se torna porta de entrada e instalação de indústrias, mas precisamos nos adequar”, diz o governador. Para ele uma dessas formas começa com a dragagem do Rio Madeira. A Sociedade de Portos e Hidrovias do Estado de Rondônia (SOPH) realizou no ano passado um estudo de viabilidade de toda extensão do Madeira. 

Com isso em mãos começaremos a reunir com todas as partes envolvidas e debater as formas para a realização dos trabalhos de dragagem. Com esses estudos em dia as indústrias sem dúvida alguma começarão a ver Rondônia como mais uma possibilidade de investimento.
FONTE: RONDONIA AO VIVO

PARABÉNS RONDÔNIA!!!
CRESCER É O TEU NOME!!! 


CULINÁRIA FÁCIL
RECEITA:

MENSAGEM:

Nenhum comentário: