Total de visualizações de página

terça-feira, 17 de março de 2015

PALESTRA 22 SEGREDOS PARA O SUCESSO NA PROFISSÃO DO TEC. SEG. D...


COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL

*Definição de comportamento organizacional

O Comportamento Organizacional se preocupa com o estudo do que as pessoas fazem nas organizações e de como esse comportamento afeta o desempenho destas organizações de forma geral.

Toda empresa tem sua própria cultura e estrutura organizacional. Algumas influenciam o mundo inteiro por sua ousadia e inovação, criam tendências no modo de gerir pessoas, buscar resultados e se transformaram em referências. Toda essa influência tem diretamente seus impactos nos comportamentos do Capital Humano, que inserido numa sociedade, também é um influenciador dos comportamentos desta.

Mas você sabe o que é Comportamento Organizacional?

Comportamento Organizacional é o estudo dos comportamentos dos indivíduos e de seus impactos no ambiente de uma empresa. Visa trazer maior entendimento sobre as lacunas empresariais para o desenvolvimento contínuo e assertivo de soluções, afim de: reter talentos, evitar o turnover e promover engajamento e harmonia entre os stakeholders.

Entender o comportamento organizacional é fundamental na dinâmica de manutenção e melhoria da gestão de pessoas, pois baliza o trabalho dos líderes e confere a estes a possibilidade de prever, e especialmente evitar problemas individuais ou coletivos entre os colaboradores.

Entre os Níveis de Estudos dos Comportamentos Organizacionais, destacamos:

  • Nível Individual – Estuda as expectativas, motivações, as habilidades e competências que cada colaborador demonstra individualmente através de seu trabalho.

  • Nível Grupal – Estuda a formação das equipes, grupos, as funçõesdesempenhadas por estes, a comunicação e interação uns com os outros, além da influência e o poder do líder neste contexto.


O entendimento do Comportamento Organizacional possibilita também mapear os profissionais que necessitam de aprimoramento e desenvolvimento em alguns quesitos, como também identificar aqueles que se destacam em suas funções. Essa abordagem e visão sistematizada garante tanto o amadurecimento, como o melhor aproveitamento das competências de ambos.

22 SEGREDOS PARA TER SUCESSO NA SUA PROFISSÃO:

Não vale responder: “Quero ser secretária” ou então “Quero trabalhar com administração”…. O objetivo profissional é aquele cargo naquela área que você tanto almeja. É onde você quer chegar e quando chegar vai saber que conquistou finalmente seu sucesso profissional. Cada vez mais cedo somos obrigados a escolher nossa profissão. Cada vez menos a sociedade se preocupa em formar pessoas.

O importante é formar bons profissionais. As mães cada vez mais cedo colocam seus filhos no inglês ou no curso de informática preocupadas com a carreira do filho. Cada vez mais nosso stress emocional aumenta decorrente da enorme concorrência que enfrentamos no mercado de trabalho. 

Às vezes nos sentimos em meio a selva fugindo de sermos devorados por leões. Em meio a este cenário responder a pergunta feita no início deste post de forma subjetiva certamente já é meio caminho andado para a frustação futura. Esse post é dedicado aos jovens que ingressam no mercado de trabalho e também aos profissionais que atuam há anos no mercado. Tem coisas que sempre é bom relembrar.

Trabalhando desde cedo.

Na maioria dos casos quem começa a trabalhar cedo conhece o sucesso profissional mais cedo. E quando digo trabalhar cedo, não significa trabalhar cedo em áreas das quais você não pretende seguir carreira profissional. É claro que existem exceções. Porém, na maioria dos casos os anos de profissão em área diferente daquela que você almeja são jogados no lixo e quanto mais o tempo passa, cada vez fica mais difícil ingressar em uma área diferente. Portanto tente ingressar na sua área de interesse o quanto antes. Cada ano que você fica em dúvida qual faculdade fazer é um ano perdido em sua carreira. Quando somos jovens temos uma ideia que temos todo o tempo do mundo, por isso nos damos ao luxo de trancar vários cursos de faculdade ou então fazer vários anos de cursinho para no final ingressar em uma faculdade paga. Quanto antes você se formar em sua área, mais cedo poderá arranjar um bom estágio.

Sonhos na área profissional  = METAS E OBJETIVOS

O que você quer ser? Um diretor de uma multinacional? Dono de seu próprio negócio? Seus sonhos podem parecer muito distantes e às vezes impossível quando se é jovem. Porém o que se planta agora se colhe no futuro. Nada é impossível desde que você planeje todos os seus passos e se projete inteiramente para alcançar seus objetivos. Faça um planejamento. Trace metas e siga-as sem desviar o caminho. A concorrência é grande, porém muitas pessoas deixam de percorrer o caminho para o sucesso diante de alguns obstáculos. Nunca desista e siga em frente! Você não precisa puxar o tapete de ninguém, subornar ou mentir, seja apenas você e acredite em seu potencial.

Arrisque-se

Às vezes irão surgir no meio do caminho algumas questões que nos deixarão pensativos: “Será que devo aceitar este emprego?” ou então “Será que devo transferir o meu curso?”. Muitas vezes deixamos de abrir mão de nosso conforto e estabilidade por um emprego novo da qual teríamos que nos dedicar mais ou simplesmente por medo de arriscar. Nunca deixe o medo falar mais alto. Apenas não arrisque quando perceber que as chances de erros são maiores que as chances de acertos. Às vezes ficar anos no mesmo emprego pode gerar uma desilusão futura.

Status Profissional

Tem muitas profissões que poderão lhe deixar cego. São profissões que lhe geram status. Você pode ter seu carro importado, celular do ano, ficar hospedado nos melhores hotéis, porém com um salário menor que muitas outras profissões que não tem status e nem luxo. O que importa é o que ficar depois que você sair do emprego, afinal de contas, o carro, o celular e o hotel nunca serão seus, serão sempre da empresa. Viver de luxo temporário certamente não é seguro e nem saudável para seu futuro.

Reserva de dinheiro

Mesmo sendo funcionário registrado não se esqueça de reservar algum dinheiro para seu futuro. Pode ser através de uma previdência privada, por exemplo. Esse dinheiro durante sua aposentadoria poderá ser uma ótima fonte para abrir seu próprio negócio ou fazer aquela viagem dos seus sonhos. O ideal é reservar 20% do seu salário para imprevistos, investimentos e reservas, é a dica dos principais especialistas no assunto.

Família antes da carreira.

JAMAIS coloque sua ascenção profissional a frente de questões importantes como sua família, por exemplo. Portanto é normal que durante sua vida você possa ter imprevistos que possam mudar a trajetória de como sua carreira profissional anda. De repente seus pais que moram em outra cidade e podem adoecer, e você terá que se mudar para cuidar deles, por exemplo. Portanto seus sonhos podem mudar em decorrência de certas limitações que a vida lhe impor. Não será isso que lhe fará abaixar a cabeça. Adapte-se e siga em frente.

Marketing Pessoal

Na maioria dos casos, as pessoas simpáticas, alegres e contagiantes tem mais chances de conquistar uma promoção. Quantas vezes não nos sentimos injustiçados quando o “puxa-saco do chefe” foi promovido sem merecimento? Certamente devemos construir nossa carreira mediante a boas características e conhecimentos sólidos, porém a  forma como nos relacionamos com as pessoas no dia-a-dia de trabalho influência diretamente na nossa carreira. Nestes casos, ser promovido pode ser comparado a ter vencido uma eleição, por exemplo. Nem sempre o político com as melhores intenções e plano de governo vence. Geralmente vence aquele que tem a figura mais carismática e os políticos dão tanto valor a isso que quando podem, contratam um acessor particular para lhe ajudar com sua imagem. Na empresa devemos ser verdadeiros políticos, ou seja, devemos ao máximo agradar a gregos e troianos, devemos ser positivos, assertivos e passar uma boa imagem a todos. A nossa imagem é formada pela forma que nos vestimos, pela nossa postura, pela nossa escrita e forma de se expressar. Obviamente isso não significa que devemos fingir ser aquilo que não somos, porém se você é uma pessoa que tem dificuldades em trabalhar seu Marketing Pessoal, talvez seja interessante você procurar cargos que não necessitem de grande contato com as pessoas.

Namoro no Trabalho

Hoje, muitas empresas não se importam mais que seus funcionários tenham laços afetivos com outros funcionários, porém essa é uma questão ainda delicada. Se não for possível evitar um relacionamento amoroso, entenda muita bem a política da empresa e mantenha as coisas separadas. Seja discreto(a). Evite ao máximo as fofocas e não envolva outros funcionários na questão.

Dance conforme a música

Cada empresa tem suas regras. Não tente fugir delas para se parecer com o slogan ” Sou diferente”. É claro que você pode ajudar a mudar a cara da empresa, mas sempre leve suas sugestões aos seus superiores. Não aja sem que tenha certeza que suas atitudes não serão consideradas hostis. Não corra o risco à toa de ser demitido sobre a seguinte alegação: “Você não tem o perfil que a empresa precisa”. Em alguns casos, basta usar uma roupa diferente daquela exigida naquele ambiente para causar uma demissão.

Amizade no trabalho

Dentro da empresa muitas pessoas poderão parecer suas amigas. Depois que você sai do emprego elas nem sequer irão lembrar de você. Não é impossível fazer verdadeiras amizades no ambiente de trabalho, porém é importante saber em quem você pode e quem você não pode confiar, pois em muitos casos as pessoas poderão se aproximar de você somente por algum interesse.

Acorrentado no trabalho.

Quando você almeja um novo cargo ou simplesmente quer mostrar-se solícito para com a empresa, pode correr o risco de ser explorado. Entenda que é necessário estabelecer limites. Saiba dizer “não” quando for preciso. Mostre ao seu superior que o que está fazendo está além daquilo da qual você foi designado e não deixe que uma atitude sua caia no esquecimento senão aquilo que é exceção pode virar regra e por fim obrigação. Toda vez que você ceder, lembre-se que é um caminho sem volta, ou seja, a empresa irá achar que é natural exigir aquilo de você. Tenha em mente que você é um bom profissional e não pode abrir mão de seus afazeres pessoais. Se a empresa te demitir por você não cumprir com algo que não era combinado, fique tranquilo, pois saiba que aquela empresa certamente não tinha uma boa cultura para que você pudesse amadurecer como profissional. Dizer “não” faz parte do amadurecimento e da certeza de que você é um bom profissional e útil para a empresa.

MSN, E REDES SOCIAIS bloqueados nas empresas.

Muitas empresas podem e rastreiam suas mensagens pessoais, portanto tenha muito cuidado com o que escreve nos seus e-mails, sejam eles pessoais ou não e principalmente em conversas no MSN ou qualquer outro comunicador instantâneo.

Fofocas no trabalho.

Tem muitos profissionais que adoram ser a maçã podre do cesto, ou seja, adoram falar mal do patrão ou da empresa. Se você ver uma rodinha de colaboradores falando coisas como: ” A empresa vai mal das pernas, você viu o concorrente? Tá vendendo o dobro, com certeza seremos demitidos.”. Fuja dessas conversas, pois na maioria dos casos além de ser só expeculação essas conversas só servem para desistimular. Se estímulo é algo que você precisa ter em seu dia-a-dia, como por exemplo, dentro de uma equipe de vendas, certamente ouvir coisas desagradáveis como essas só farão seu dia ruim e por consequência farão suas vendas diminuirem. Aproveite que seus ” concorrentes”  estão perdendo tempo tentando trazer emoções negativas para o ambiente e faça a diferença!

Vista a camisa da empresa.

Entenda o que a empresa que você trabalha espera de você. Geralmente as empresas esperam que seus funcionários se preocupem com o bem-estar de todos e principalmente com a lucratividade. Para que você mostre que se importa com o crescimento da empresa apresente ideias construtivas, participe dos eventos e seja produtivo durante o seu horário de trabalho. Evite participar de movimentos que geram vibrações negativas dentro da empresa, evite fazer fofocas e seja o mais profissional possível. Você não precisa trabalhar 12 horas por dia para dizer que está vestindo a camisa da empresa.

Profissional com auto-estima.

Saiba que tipo de profissional é você e dê valor em si mesmo. Seja realista e humilde, porém nunca deixe que alguém te rebaixe ou fale mal de suas características profissionais. Entenda quais são as críticas construtivas e destrutivas em relação a sua pessoa. Utilize as críticas construtivas para aperfeiçoar-se, pois sempre estamos em processo constante de aprendizado. Lembre-se que mesmo quando vivemos uma experiência ruim da qual não queremos vivenciar mais, dali é possível extrair os frutos do aprendizado.

Análise Swot.

Análise Swot é um termo muito utilizado em Marketing com o intuito de ajudar os profissionais da área a analisar determinadas empresas e seu campo de atuação. Esta análise é basicamente constítuida em analisar os pontos negativos e positivos da empresa e as oportunidades e ameaças do mercado. Faça sua própria Swot, ou seja, faça uma lista de suas características positivas e negativas e das ameaças e oportunidades do mercado da qual está inserido. Essa lista deverá ser feita sempre, principalmente antes de fazer uma entrevista, pois sabendo seus pontos positivos você será capaz de melhor ressaltá-los, ofuscando os pontos negativos. Se você perceber que o mercado da qual está inserido está enfraquecido, por exemplo, talvez seja o momento de preservar seu emprego e não arriscar. Porém se o mercado está aquecido é um bom momento para pedir aquele aumento desejado.

Deixe sua marca.

Seja lembrado. As pessoas geralmente lembram das outras quando uma pessoa tem uma característica marcante ou realizou algo marcante. Durante seu tempo de permanência em um emprego tenha a certeza que o dia que sair será lembrado pelas pessoas que ali ficaram.

Incoveniência no trabalho.

Muitas pessoas podem ser incovenientes sem saber. Você saberia me responder se você é incoveniente? Entenda que dentro de uma empresa você deve sempre questionar-se se não está invadindo o espaço alheio. Então tenha empatia, ou seja, se coloque no lugar das pessoas. Às vezes, as pessoas podem deixar de te convidar para almoçar simplesmente pelo fato que você demora o dobro de tempo que as outras pessoas para comer, ou então, fica estimulando assuntos desinteressantes das quais não são comuns para as outras pessoas. Numa mesa com 9 pessoas, por exemplo, é importante você pensar se o que você está prestes a dizer é comum a todas essas pessoas. Na dúvida, fale de assuntos comuns, do cotidiano. Se você é homem e tem mulher na mesa, evite falar de assuntos exclusivos do universo masculino e a dica também serve para as mulheres. A dica não serve somente para o almoço, mas serve também para o dia-a-dia na empresa. Numa conversa, evite ficar interrompendo. Nunca julgue as pessoas e evite os atritos. Tem colega na mesa ao lado? Observe se seus objetos não estão invadindo sua mesa. Evite ficar no telefone, falando alto e dando gargalhadas que até o pessoal do outro setor possa ouvir. Evite ficar interrompendo seus colegas com piadinhas sem graça ou excesso de conversa. Evite ser conhecido como aquela que parece uma matraca que não sai do telefone, ou o cara da piadinha incoveniente, ou o folgado que só pede dinheiro emprestado e nunca devolve. Atitudes assim podem te ” marcar” negativamente na empresa e para sempre.

Trabalhe sua característica mais essencial.

Tem gente que diz que nascemos com dom, outros não. Nem quero entrar nesse mérito, porém é claro que temos determinadas aptidões. Saiba quais são as suas. Se você é um estrategista nato, por exemplo, porque não tentar trabalhar com planejamento? Se você é organizado, porque não trabalhar com gerenciamento de projetos? Se você é criativo, você pode ser um artista, diretor de arte ou músico, se gostar de música. Tem a voz bonita? Então porque não tentar ser locutor? Geralmente quem nos dá as dicas são os nossos professores, pais e parentes, desde  pequenos: “Meu filho é um artista, ele não larga o caderno e lápis nem por um minuto”. ” Meu filho adora brincar de montar prédios e casas com o Lego, até parece que ele é um engenheiro!”. Se as matérias que você tirava melhor nota eram em português, história e geografia, certamente você se dará melhor na área de humanas, por exemplo. Então se desde pequeno você esteve preparado para determinada área, para que insistir numa área diferente daquela? Ceramente você precisará dispender mais tempo e esforços e talvez não tenha tanta facilidade como teria em uma área cuja sua aptidão esteja mais latente.

Redes Sociais

Hoje as empresas utilizam as redes sociais para procurar profissionais e também para espioná-los. Evite falar mal da empresa ou de pessoas da qual você trabalha e evite fazer uma imagem errada de sua pessoa. A dica é valiosa, pois mesmo profissionais experientes já tiveram sérios problemas com seus deslizes. Utilize as redes sociais ao seu favor. Nunca publique aquela sua foto que pode dar margens para várias interpretações e que pode pegar mal. Na dúvida sempre se pergunte se você contraria alguém com aquele tipo de material publicado.

Não use máscaras no trabalho.

Não minta no seu currículo, não minta na sua entrevista e não minta no seu dia-a-dia. Errou? Assuma e peça desculpas e arque com as consequências. Agora…omtir é permitido desde que sua omissão não implique futuramente em grandes prejuízos.

Pé na bunda.

Já ouvi gente se lamentando: ” Como puderam me demitir? Eu fiquei anos lá, não aceitei algumas propostas porque eu gostava deles e era fiel à empresa.” Ou então: ” Não vou sair, pois meu chefe precisa de mim.”. Já ouviu aquele velho ditado: “Amigos, Amigos, Negócios a parte?”. Não pense que se uma empresa precisar te demitir ela não irá aplicar esse ditado à risca. Se você não é amigo íntimo do dono, obviamente não precisa deixar seu chefe na mão, mas também não pode deixar de crescer profissionalmente, pois se a empresa realmente gosta de ti como pessoa, eles irão querer ver seu bem e irão entender que você está saindo pois quer crescer profissionalmente.


 









IMPLANTAÇÃO DE PPRA, CURSOS , PALESTRAS E DDS CONTATE-NOS NO 
E-MAIL: ecs559@hotmail.com / lilianss9@hotmail.com




  


 







PARABÉNS TST'S!!!

$$$ EMPREENDA, FAÇA & VENDA $$$
 























CULINÁRIA FÁCIL...

BURGUER DE PALMITO (sem lactose)
(rende 4 porções | preparo 1 hora)
INGREDIENTES:
• 1 vidro grande de palmito picadinho
• 1 pimentão amarelo
• 1 dente de alho
• 1 cebola média
• 1 colher (sopa) de mostarda
• 3 colheres (sopa) de aveia em flocos finos
• 1 ovo inteiro bem batido
• Sal e pimenta a gosto

MODO DE PREPARO:
1. Pique bem o alho, o pimentão e a cebola e refogue com um pouco de azeite.
2. Em uma tigela, misture todos os ingredientes, inclusive o refogado que acaba de fazer.
3. Processe 2/3 da sua mistura até que vire uma "papa" e devolva esta massa à sua tigela. Você já verá a massa tomando forma, com alguns pedacinhos de vegetais.
4. Deixe sua massa de hamburger descansar na geladeira por cerca de 30 minutos até que fique firme e possa ser manuseada.
5. Molde seus hamburgers com um aro ou na mão e frite dos dois lados em frigideira antiaderente.
6. Bom apetite.

MINI CHEESECAKE DE OREO
(faça de véspera | rende 6 a 8 porções)
INGREDIENTES:
Cheesecake:
• 2 ¼ xícaras (chá) de creme de leite
• 500g de cream cheese (amolecido)
• 2/3 de xícara (chá) de açúcar
• ½ colher (chá) de sal
• 1 colher (sopa) de suco de limão
• 2 colheres (chá) de essência baunilha
• ¾ de xícara (chá) de biscoitos Oreo (sem recheio) triturados

Massa crocante:
• 5 colheres de sopa de manteiga (derretida)
• 2 xícaras biscoitos Oreo (sem o recheio) triturados

MODO DE PREPARO:
Massa crocante:
1. Incorpore as migalhas do biscoito com a manteiga;
2. Coloque um pouco no fundo de forminhas (sem fundo) e pressione para deixar a mistura uniforme na forminha.

Cheesecake:
1. Em uma batedeira bata o creme de leite até formar picos médios. Reserve.
2. Bata então o açúcar, o sal, o cream cheese, a essência de baunilha e o suco de limão até ficar homogêneo (aproximadamente 4 a 5 minutos).
3. Adicione a mistura de cream cheese ao creme de leite e bata até incorporar.
4. Misture delicadamente os biscoitos Oreo na massa.
5. Distribua a massa nas forminhas, em cima da massa crocante.
6. Leve à geladeira por pelo menos 6 horas ou durante a noite para obter melhores resultados.
7. Retire da geladeira e nivele a parte de cima com uma faca, deixando o topo do cheesecake bem retinho. 
8. Desenforme, coloque chantily e decore com Oreos.

Dica: Para dar um toque moderno ao doce adicione o cheesecake usando um bico de confeitar.

MENSAGEM:






















Nenhum comentário: