Total de visualizações de página

terça-feira, 11 de setembro de 2012

STRESS - DECLARE O SEU" Dia Independência do Sofrimento!" TRABALHADORES!!!!


CURSO: RELATÓRIO DE IMPACTO NO TRÂNSITO - RIT / EIT / RIV / EIA


Relatório de Impacto de Vizinhança - RIV


O EIV é um instrumento público de planejamento instituído pelo Estatuto da Cidade  (Lei Federal nº 10.257/2001), que define que todos os municípios brasileiros devem promover sua regulamentação através de lei específica, definindo claramente os empreendimentos passíveis de apresentação de estudos, a fim de desobrigar aqueles cujo impacto é praticamente nulo ou pouco significativo, ou definir formas de mitigação e compensação caso os impactos sejam negativos.



É semelhante ao Estudo de Impacto Ambiental - EIA no que diz respeito à avaliação de impactos, diferenciando-se quanto aos objetivos. O EIV se destina aos projetos e empreendimentos habitacionais, institucionais ou comerciais, públicos ou privados que estão fora da linha de corte que define a realização do EIA/RIMA, avaliando especificamente a repercussão do empreendimento sobre a paisagem urbana, as atividades humanas instaladas, a movimentação de pessoas e mercadorias, a circulação de veículos gerada pelo empreendimento e os recursos naturais da vizinhança.



Suas conclusões podem não apenas viabilizar como também impedir empreendimentos que comprometam o meio ambiente urbano. O Estatuto da Cidade define o EIV como um instrumento de participação da população, que é chamada, principalmente através dos Conselhos Municipais a se manifestar sobre os empreendimentos a serem implantados na cidade.



As concessões de Alvarás de Funcionamento em algumas cidades brasileiras e na maioria das Regiões Metropolitanas e capitais estão condicionadas à apresentação e à aprovação do EIV.



O Relatório de Impacto de Vizinhança - RIV é um resumo em linguagem simples e objetiva, que visa permitir que qualquer cidadão possa entender e apropriar-se do conteúdo do estudo.


Relatório de Impacto no Trânsito - RIT


É parte integrante do EIV – Estudo de Impacto de Vizinhança – e busca estabelecer o impacto que será causado pelo empreendimento com o aumento da população, seja na circulação de pedestres, seja no sistema viário e nos transportes públicos.

A qualidade dos estudos apresentados para os órgãos públicos que os avaliam, pode definir desde as medidas mitigatórias ou compensatórias a serem implementadas no caso de impacto, como também podem comprometer o projeto, e até mesmo a viabilidade do empreendimento na área estudada. Por isso a trs possui em sua equipe multidisciplinar, técnicos qualificados e bem treinados, com um histórico de estudos e relatórios sempre com resultados positivos para o empreendedor e para a cidade onde se instala o empreendimento.



INSCRIÇÕES: (69) 9312-7447
DATA:  22/09 & 23/09/2012
HORÁRIOS: 08 ÁS 12hs e das 14 ás 18hs
VAGAS: 25
CARGA HORÁRIA: 20 hs

INVESTIMENTO:

Profissional filiado a instituições  CREA/SINDICATOS
R$ 250,00 
Profissional não filiado à instituições
R$ 300,00 
Estudante 
R$ 200,00 

Conteúdo Programático:
  • Conceitos e definições para RIT: o que é, por que, como, quando e para que se faz um RIT;
  • Noções acerca de pólos geradores de tráfego e seus impactos na circulação viária;
  • Conceito de pólo gerador de tráfego;
  • Impactos causados pelos pólos geradores de tráfego;
  • Parâmetros utilizados para o enquadramento de pólos geradores de tráfego;
  • Processo de licenciamento para a implantação de pólos geradores de tráfego;
  • Resoluções do CONAMA;
  • Legislação Goiana e de outras localidades;
  • Desenvolvimento de estudos de impacto devido à instalação de pólos geradores de tráfego;
  • Responsabilidade pela elaboração de estudos de impacto e pela implantação de medidas mitigadoras;
  • Roteiro básico para a elaboração de estudos de pólos geradores de tráfego;
  • Parâmetros para projetos de pólos geradores de tráfego;
  • Análise dos estudos de impacto e recomendação de medidas mitigadoras;
  • Análise dos estudos de impacto;


PÚBLICO ALVO: TÉCNICOS DE SEGURANÇA NO 

TRABALHO, ESTUDANTES DE ARQUITETURA E 


URBANISMO, CONSTRUTORAS, E AFINS!!!



VOCÊ ESTÁ COM ESTRESSE TRABALHADOR(A)?!?!?







Qual a razão do grande desequilíbrio presente em 

nós nesses  tempos? 





Desconexão consigo mesmo(Deus)?

Estresse/STRESS


Estresse é um termo que se vulgarizou nos últimos 
tempos. Queixa-se de estresse o homem que chega 
em casa depois de um dia de muito trabalho, de 
trânsito pesado e das filas do banco. Queixa-se a 
mulher que enfrentou uma maratona de atividades 
domésticas, profissionais e com os filhos. À noite, 
terminado o jantar, com as crianças recolhidas, os 
dois mal têm forças para trocar de roupa e cair na 
cama.

A palavra estresse não cabe nesse contexto. O que 
eles sentem é cansaço, estão exaustos e uma noite de 
sono é um santo remédio para recompor as energias 
e revigorá-los para as tarefas do dia seguinte.

A palavra estresse, na verdade, caracteriza
 
um mecanismo fisiológico do organismo sem o qual 
nós,nem os outros animais, teríamos sobrevivido. Se 
nosso antepassado das cavernas não reagisse 
imediatamente, ao se deparar com uma fera faminta, 
não teria deixado descendentes. Nós existimos 
porque nossos ancestrais se estressavam, isto é, 
liberavam uma série de mediadores químicos (o mais 
popular é a adrenalina), que provocavam reações 
fisiológicas para que, diante do perigo, enfrentassem 
a fera ou fugissem.
É pela ação desses mediadores que, num momento 
de pavor, os pelos ficam eriçados (diante do cão 
ameaçador, o gato fica com os pelos em pé para dar 
impressão de que é maior), o batimento cardíaco e a 
pressão arterial aumentam, o sangue é desviado do 
aparelho digestivo e da pele, por exemplo, para os 
músculos que precisam estar fortalecidos para o 
combate ou para a fuga. Vencido o desafio, vem a 
fase do pós-estresse. Quem já passou por um susto 
grande sabe que depois as pernas ficam trêmulas e, 
às vezes, andar é impraticável.

No entanto, o estresse do mundo moderno é muito 
diferente do que existia no passado. Resulta do 
acúmulo de pequenos problemas que se repetem 
todos os dias. A promissória a vencer no banco e o 
compromisso com hora marcada prejudicado pelo 
congestionamento inexplicável não liberam 
mediadores na quantidade necessária para enfrentar 
um animal ameaçador, mas provocam um discreto e 
constante aumento da pressão arterial e do número 
dos batimentos cardíacos que, sem dúvida, trazem 
consequências nefastas para o organismo.

Dia Independência do Sofrimento.






Tratamento inicial:





1. Duas X ao dia faça 15 min de respiração profunda e lenta 





pela manhã ao acordar e antes de dormir. Essa energia do 





ar(Prana) te deixará equilibrado e em harmonia interior.





2. Concentre-se em não dizer nenhuma palavra negativa por 





um dia inteiro.





3. Durante o dia preste atenção em sí mesmo. A mente te 





retira do presente. Assim você fará suas tarefas diárias com 





eficiência e satisfação.





4. Preste atenção nas árvores, no céu, no vento, nos pássaros. 





sinta-se grato por tudo.





5. Equilíbrio na hora de comer.





6. Problemas não existem, lembre-se disso! Aceite seu dia 





como ele se apresenta para você, buscando ajustar aquelas 





coisas em que você não estava atento. Crie um amanhã mais 





feliz agindo no agora..



7. Dê um abraço forte naquela pessoa com quem você teve 

uma discussão e te deixou pra baixo...Ela também ficou triste. 

Dissolva as mágoas assim.





8. Perdoe-se pelos seus defeitos, todos temos, é hora de 



reeducarmos.



9. A vida é perfeita e maravilhosa. Use seu coração e 



compreenda isto.



10. Ame-se incondicionalmente. Assim naturalmente você 



amará a tudo e a todos, já que estamos todos juntos nessa 



jornada divina chamada VIDA.

FONTE: Dhanyavan Luz





$$$EMPREENDA, FAÇA E VENDA$$$
MOLETOM VELHO VIRA:
FAÇA ESSE BALCÃO QUE É MESA APARADORA E CAMA SE SOLTEIRO SE NÃO TÊM ESPAÇO ONDE VC MORA TRABALHADOR(A):












Embalagem de tic-tac...uau


PERSONALIZE SEU CABO USB E VENDA!!!!

BOLINHAS DE PING E PONG NA DECORAÇÃO?!?!?...







CULINÁRIA FÁCIL...

RECEITA DE FILÉ DE PEIXE COM MOLHO...

Ingredientes
Peixe
  • 8 filés de peixe 

  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

  • 2 dentes de alho picados
Massa
  • 1/2 xícara (chá) de maisena

  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo

  •  1 colher (sopa) de fermento em pó

  • 1 colher (chá) de sal

  • 1 ovo

  • 3 colheres (sopa) de óleo

  • 1 xícara (chá) de leite

  • Óleo para fritar
Molho
  • 2 cebolas grandes em rodelas

  • 1 colher (sopa) de óleo

  • 4 tomates sem peles e sem sementes, picados

  • 100g de azeitonas verdes

  • 2 cubinhos de caldo de galinha

  • 1 colher (sopa) de salsa picadinha

Modo de preparo

Peixe
  • Tempere os filés de peixe com sal, a pimenta-do-

  • reino e o alho.

  • Reserve.

Massa
  • Misture a maisena com a farinha de trigo, o fermento 

  • e o sal.

  • Acrescente o ovo, o óleo e o leite.

  • Misture bem, até ficar homogêneo.

  • Passe os filés reservados na massa, cobrindo bem.

  • Frite em bastante óleo, não muito quente.

  • Mantenha em fogo baixo e doure dos dois lados.

  • Escorra sobre papel absorvente.

  • Sirva com o molho.

Molho
  • Doure a cebola no óleo.

  • Acrescente os tomates, as azeitonas e o caldo de 

  • galinha, dissolvido em uma xícara (chá) de água 

  • fervente.

  • Deixe apurar bem, aproximadamente 15 minutos.

  • Junte à salsinha e sirva a seguir.
Rendimento: 6 a 8 porções

PUDIM DE LEITE...

Ingredientes
  • 3 ovos

  • 2 colheres (sopa) de amido de milho

  • 2 xícaras (chá) de leite

  • ½ xícara (chá) de queijo ralado

  • 10 colheres (sopa) de açúcar
Modo de preparo
  • Coloque todos os ingredientes no liquidificador.

  • Bata bastante.

  • Em seguida, despeje em forma caramelada e deixe 

  • assar por cerca de 45 minutos em banho maria.
  • Sirva em seguida.



MENSAGEM...

BRIGAS DOMÉSTICAS...
De pequena rusga doméstica pode nascer extensa torrente de rixas e aversões.


Aprender a ouvir sem contradizer, para aclarar ponto obscuro em momento adequado, é sinal evidente de compreensão e sabedoria.

Auxilie a criança não apenas a sorrir, mas também a educar-se.


Respeitar os parentes é valioso preventivo contra desajustes positivamente desnecessários.



Evite criticar essa ou aquela minúcia menos agradável, cooperando em silêncio para que os senões desapareçam.



Em vez de alterar-se e censurar, colabora na solução dos problemas.
Silenciar sobre questões nevrálgicas em família impede a explosão de conversas ofensivas ou inúteis.


Não reviva os mal-entendidos de ontem ou de qualquer fase do passado, para que faltas e erros no lar sejam realmente esquecidos.

Aprendamos a não gritar, e sim a conversar.

Não esqueça: a união começa de casa, mas a calma, em geral, começa em você mesmo.

Emmanuel / Médium Chico XavierLivro: Calma 

(extrato) -Ed. GEEM


LEMBRE-SE TRABALHADOR(A) VC PODE SER MELHOR...

Nenhum comentário: