Total de visualizações de página

quinta-feira, 27 de setembro de 2012






Escadas, Rampas e Passarelas

A madeira a ser usada para construção de escadas, rampas e passarelas deve ser de boa qualidade, sem apresentar nós e rachaduras que comprometam sua resistência, estar seca, sendo proibido o uso de pintura que encubra imperfeições.

As escadas de uso coletivo, rampas e passarelas para a circulação de pessoas e materiais devem ser de construção sólida e dotadas de corrimão e rodapé.

A transposição de pisos com diferença de nível superior a 0,40m (quarenta centímetros) deve ser feita pormeio de escadas ou rampas.

É obrigatória a instalação de rampa ou escada provisória de uso coletivo para transposição de níveis como meio de circulação de trabalhadores.

Escadas
 
As escadas provisórias de uso coletivo devem ser dimensionadas em função do fluxo de trabalhadores, respeitando-se a largura mínima de 0,80 (oitenta centímetros), devendo ter pelo menos a cada 2,90m (dois metros e noventa centímetros) de altura um patamar intermediário.

Os patamares intermediários devem ter largura e comprimento, no mínimo, iguais à largura da escada.

A escada de mão deve ter seu uso restrito para acessos provisórios e serviços de pequeno porte.

As escadas de mão poderão ter até 7,00m (sete metros) de extensão e o espaçamento entre os degraus deve ser uniforme, variando entre 0,25m (vinte e cinco centímetros) a 0,30m (trinta centímetros).

É proibido o uso de escada de mão com montante  único.

É proibido colocar escada de mão:

a) nas proximidades de portas ou áreas de circulação;
b) onde houver risco de queda de objetos ou materiais;
c) nas proximidades de aberturas e vãos.

A escada de mão deve:

a) ultrapassar em 1,00m (um metro) o piso superior;
b) ser fixada nos pisos inferior e superior ou ser dotada de dispositivo que impeça o seu escorregamento;
c) ser dotada de degraus antiderrapantes;
d) ser apoiada em piso resistente.


É proibido o uso de escada de mão junto a redes e equipamentos elétricos desprotegidos.

 
A escada de abrir deve ser rígida, estável e provida de dispositivos que a mantenham com abertura constante, devendo ter comprimento máximo de 6,00m (seis metros), quando fechada.

A escada extensível deve ser dotada de dispositivo limitador de curso, colocado no quarto vão a contar da catraca. Caso não haja o limitador de curso, quando estendida, deve permitir uma sobreposição de no mínimo 1,00m (um metro).

A escada fixa, tipo marinheiro, com 6,00 (seis metros) ou mais de altura, deve ser provida de gaiola protetora a partir de 2,00m (dois metros) acima da base até 1,00m (um metro) acima da última superfície de trabalho.

Para cada lance de 9,00m (nove metros), deve existir um patamar intermediário de descanso, protegido por guarda corpo e rodapé.




ESCADAS BEM ADAPTADAS...

Para criar uma escada bem adaptada à realidade de uso podemos lançar mão de uma série de artifícios e, dessa forma, obter um bom resultado. Para tanto é necessário estar atento às necessidades do usuário. Abaixo listamos algumas possibilidades construtivas que podem ser levadas em conta no momento do projeto, para que este atenda melhor aos anseios do cliente:

• Posicionar a escada em um local em que ela se torne mais visível e mais bonita.
• Posicionar uma escada no meio de um ambiente para criar uma divisão espacial com a própria estrutura e fluxo.
• Direcionar o fluxo das pessoas para determinado local.
• Aproveitar melhor o espaço mobiliável nos dois pisos com uma escada mais íngreme.
• Obter uma escada mais confortável com uma subida suave e vários patamares.
• Dividir áreas para usuários diferentes com o posicionamento da escada.
• Oferecer mais segurança aos usuários com o correto dimensionamento da largura, espelho e pisada.


QUESTÕES BÁSICAS...

Existem algumas questões básicas que podem ajudar a orientar o projeto:
1. Quem serão os usuários da escada? Adultos, crianças, idosos?
2. Com que freqüência ela será utilizada?

3. A natureza do imóvel é residencial, comercial ou industrial?
4. Será preciso transitar com volumes? De que tamanho?
5. Se o imóvel já estiver pronto, qual o tamanho do vão que ficou para a escada?
6. Existe algum material que é esteticamente obrigatório (ou desejável)? Por exemplo, madeira, vidro, inox?
7. Quais são os materiais que se pretende utilizar nas proximidades da escada? Qual o material do piso inferior? E superior? Janelas?





  • Para elimina, ou pelo menos reduzir os riscos de acidente, recomenda-se as seguintes práticas: 
  • Use sempre a escada certa para o trabalho. Não improvise usando uma escada muito longa ou muito curta; 
  • Inspecione todas as escadas periodicamente quanto a ferrugem, trincas, partes quebradas e corrimão enfraquecido; 
  • Mantenha todas as escadas com a ferragem bem firme e verifique quanto a empeno ou peças quebradas; 
  • Quando possível, providencie um local de guarda adequado para elas. Considere os fatores: calor, umidade e possíveis danos por ferramentas e máquinas; 
  • Rotule as escadas identificando o comprimento e o local onde elas devem ser usadas e guardadas; 
  • Mantenha todos os cabos que forem usados com escadas em boas condições; 
  • Providencie apoio suficiente para manter as escadas presas quando transportadas em veículos. Fixe numa posição que minimize os efeitos num possível choque no trânsito; 
  • Mantenha as escadas livres de graxas; 
  • Posicione-as corretamente. Mantenha ¼ do comprimento da mesma afastado do pé da parede; 
  • Quando em uso, amarre a extremidade superior. Calce a base ou solicite que alguém segure a base; 
  • Nunca use escadas de metal para trabalhos em circuitos elétricos; 
  • Sinalize a base da escada quando estiverem sendo usadas em locais de passagem de pedestres, ou onde possa haver movimento de máquinas e equipamentos;
  • Remova todas as escadas do serviço quando defeituosas.
  • Lembre-se: escadas são feitas para acesso. Quando for utilizar uma escada para executar uma tarefa, seu cinto deve estar preso em um ponto de ancoragem próprio.


CUIDADOS COM ESCADAS PARA CRIANÇAS...


Cuidados com escadas
- As escadas devem ter um corrimão de apoio e o piso não 
deve ser liso (escorregadio);
- Se tem crianças pequenas, principalmente se estão na 
fase de engatinhar ou a começar a andar, coloque proteções 
e barreiras (portões) em todos os acessos da casa às 
escadas;
- Não se esqueça de fechar as proteções e barreiras dos 
acessos às escadas depois de passar. Um portão mal 
fechado é como se não existisse.

Como Se Prevenir Contra Quedas ao 
Utilizar uma Escada
Os acidentes ocorridos durante o uso de escadas para pequenas tarefas são relativamente comuns. E, dependendo 
ds circunstâncias, as consequências podem ser graves para o acidentado. Em comum estes acidentes costumam ter o uso incorreto do equipamento.

Felizmente, existe uma série de métodos que você pode utilizar para se prevenir contra quedas e utilizar a escada com segurança. Siga as orientações abaixo:

• As principais circunstâncias de acidentes em escadas incluem o deslizamento da base da escada na superfície em que ela está apoiada, o deslizamento do topo da escada lateralmente, o giro da escada pela distribuição desigual do peso e a perda de contato do topo da escada, quando ela cai para trás. Esteja atento a todos estes fatores;

• Inspecione a escada antes de utilizá-la. Procure por dobradiças soltas, pontos de fixação frouxos, rachaduras, trincamentos ou quaisquer outros elementos de risco que lhe impeçam de utilizá-la;

• Sempre coloque a escada em uma superfície estável. Colocá-la em um terreno irregular, fofo ou escorregadio pode fazê-la se mover ocasionando a queda;

• Observe também a fixação do topo da escada. A superfície superior deve aderir bem ao local em que estiver apoiada, sem possibilidade de deslizamento;

• Para definir a distância que a base da escada deve estar da parede (ou outra superfície em que estiver apoiada), afaste a base 10 centímetros para cada 40 centímetros de altura, o que equivale a 1 metro de distância para cada 4 metros de altura. Isso vai lhe fornecer uma base sólida para que a escada não caia para trás;

• Quando for guardar a escada, armazene-a em um ambiente que não lhe cause desgaste, longe da umidade da chuva e do contato direto com o sol, em uma posição sem riscos de que venha cair;

• Jamais utilize a escada perto de linhas de energia. Se for necessário fazer algum trabalho simples que envolva eletricidade na sua casa, opte pela escada de madeira ou fibra de vidro, descartando as de metal para esse tipo de uso.



Nenhum comentário: