Total de visualizações de página

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

DISCRIMINAÇÃO RELIGIOSA!!!

 


Uma caixa de uma empresa de turismo de Curitiba (PR) receberá R$ 5 mil de indenização por assédio moral da Vale Transporte Metropolitano S/C Ltda., de Curitiba, por ter sido vítima de discriminação religiosa por parte de sua chefe. Ela tentou, no Tribunal Superior do Trabalho, aumentar para R$ 50 mil o valor da indenização fixado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR), mas a Sétima Turma considerou a quantia adequada para compensar o dano.

Segundo ela, a chefe a importunava dizendo que ela precisava "se libertar, se converter" e começar a frequentar a sua igreja. "Ela dizia que enquanto eu não tirasse o mal eu não trabalharia bem", contou a trabalhadora. Em depoimento, a funcionária relatou episódio em que a superior teria levado um pastor para fazer pregações e realizar sessões de exorcismo entre os empregados.
Em defesa, a chefe negou qualquer discriminação e afirmou que os empregados jamais foram obrigados a participar de pregações com o pastor. Já para o Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR) ficou evidente que a trabalhadora era submetida a situação constrangedora e atacada em suas convicções religiosas.

No recurso para o TST, a empregada pediu o aumento do valor de indenização de R$5 mil para R$50 mil, mas o valor foi mantido. O relator, ministro Vieira de Mello Filho, justificou que o TRT-PR levou em consideração premissas como a conduta praticada, a gravidade, o caráter pedagógico punitivo, a capacidade econômica da empresa e a remuneração da trabalhadora, que, na época da reclamação, em 2008, recebia R$ 527.

Vieira de Mello ainda observou que o Regional afastou a alegação de que a empregada teria sido obrigada a participar de cultos realizados na empresa. "A quantia fixada foi adequada e proporcional à violação", disse o relator, que teve seu voto acompanhado pelos outros ministros.
(Ricardo Reis/CF)

»NOVA TURMA DO CURSO SOBRE MAPAS 

DE RISCO EM 05 DE OUTUBRO DE 

2013!!!


»SEMINÁRIO VIDA E MORTE NO 

TRABALHO!!! UMA ABORDAGEM FRANCA, 

PREVENTIVA, JURÍDICA E 

HUMANIZADA!!! DIA: 21/09/2013 DAS 

8hrs ás 17 COM CERTIFICADO!

» CURSO DE CONTROLE DE 

PRAGAS INÍCIO: 05/10/2013 COM 

TEORIA DAS 7 E 30hrs ÁS 12 hrs E 

PRÁTICA DAS 13hrs ÁS 18hrs -

INSCRIÇÕES:  9916-1920



AULAS FIRE...





CONTATE-NOS TEMOS EQUIPE QUALIFICADA E ORÇAMENTO PARA REALIZAR QUALQUER TRABALHO NA ÁREA DE SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO PRA VOCÊ!!!


ANIVERSARIANTES...PARABÉNS!!!



$$$EMPREENDA, FAÇA E VENDA$$$





 






 


CULINÁRIA FÁCIL...
 TAPIOCA...
 
Ingredientes

  • ½ kg de farinha para tapioca (bijou ou polvilho)
  • Água o suficiente para cobrir
  • Sal a gosto
Modo de preparo

  • Coloque a farinha em uma tigela grande e coloque água até cobrir e ficar pelo menos dois dedos acima da massa.
  • Deixe de um dia para o outro em repouso para dissolver bem.
  • Depois seque com a ajuda de um pano limpo sem deixar excesso de água.
  • Esfarele essa massa com as mãos e passe pela peneira e acrescente um pouco de sal.
  • Em uma frigideira anti-aderente, espalhe a farinha e modele a tapioca como uma panqueca no fundo da frigideira.
  • Recheie a gosto com goiabada, doce de leite, carne de sol com nata, ou simplesmente com manteiga.
Dica: O segredo é deixar a frigideira ficar bem quente antes de colocar a massa. O ponto é bastante rápido, assim que desgrudar o fundo da frigideira, vire-a por alguns segundos e estará pronta. Basicamente a massa tem que secar na
frigideira, não fritar.
Não deixe escurecer nem endurecer.
Para uma tapioca bem leve, peneire bem a massa e na hora de colocar na frigideira ponha a quantidade suficiente para cobrir o fundo, sem ficar espessa.



SWEET DE GOIABA 
 
Ingredientes

  • 1 embalagem de 100g de Flococo
  • 4 goiabas maduras vermelhas
  • ¾ de xícara de chá de açúcar
  • 1 envelope de gelatina em pó sem sabor
  • 6 colheres de sopa de água
  • 2 copos de iogurte natural
  • Fatias de goiaba para decorar

Preparo
Descasque as goiabas, coloque a polpa no copo do liquidificador e bata com meia xícara de chá de água. Passe a mistura por uma peneira e volte ao liquidificador. Hidrate a gelatina com água e dissolva em banho-maria. Junte a gelatina ao creme de goiaba, acrescente o açúcar, o Flococo e o iogurte, e bata tudo por 1 minuto em velocidade máxima. Passe para um refratário grande ou taças individuais e leve à geladeira durante 4 horas. Na hora de servir, decore com faias de goiaba.



MENSAGEM...
 
 
 
 

 

 
  




Nenhum comentário: