Total de visualizações de página

segunda-feira, 17 de maio de 2010

A MUDANÇA DA CULTURA ORGANIZACIONAL, O SESMT E A CIPA PARA A PREVENÇÃO DO ATO INSEGURO!!!

 Importante entender que a mudança da cultura organizacional em relação ao ato inseguro é algo benefico para os trabalhadores e as empresas que realmente têm interesse em investir em prevenção de acidentes e seus custos. Sem precisar de fato as causas reais do acidente por ato inseguro é impossivel trabalhar na direção correta das ações que irão evitar novas ocorrências. Sem a real investigação científica e técnica que o agente de segurança e saúde no trabalho desenvolve e aprimora dia-a-dia, a base do programa de prevenção está totalmente fora do foco correto e mais uma vez recursos serão jogados fora.

Isso precisa ser explicado e exigido da alta direção e principalmente repassado e cobrado da supervisão/gerencia das empresas. O que hoje é cômodo e encerra o assunto - ou seja - a atribuição dos acidentes ao trabalhador e a tentativa de prevenção pelo convencimento (palestras, dialogos, dds, etc) na verdade pode estar encobrindo problemas sérios que invariavelmente só vão ser levados em conta quando do evento de uma perda ou morte. É preciso educar as pessoas para encararmos a questão do acidente de frente e sem subterfugios. Precisamos de agir com consciência e exigir as boas práticas efetivas do SESMT colocarmo-nos de forma técnica, inteligente, e de forma comunicativa, firme e clara as causas dos acidentes eos riscos assumidos por ambos na empresa, além de nos dedicarmos ao estudo tecnico e detalhado do assunto, sem nos atermos focadamente apenas na remuneração/salários recebidos ou á receber e sim sabermos que a VIDA é um bem sublime, e, irrecuperável em certos casos.
 
O que hoje apresentamos como resultados gráficos e porcentagens se questionado o trabalhador ou a sua chefia dificilmente terão como entender ou responder. Vejo que em boa parte das empresas adota-se após a investigação/análise a apresentação de graficos ou quadros com as principais causas de acidentes. Alguns irão questionar: "Tudo bem, vocês da segurança estão me dizendo que 85 % dos acidentes ocorrem pela distração dos empregados. Qual a proposta para evitarmos isso ?"  Certamente nós deste Blog de Segurança e Saúde no Trabalho teremos a  resposta!!! PERGUNTE-NOS OU CONTRATE-NOS E SABERÁS!!!

Fica claro a busca  por soluções reais - e talvez ai a valorização para nossa área de atuação junto a sociedade hodierna -porém isso passa por uma revisão de conceitos, de conhecimento sério e efetivo técnico e método de atuação. Se à área de segurança e saúde no trabalho cabe apontar os caminhos que levam a prevenção - certamente só estaremos próximos a estes quando ao menos soubermos porque de fato temos acidentes!?!?!. A mudança de cultura pode ser incomoda e dolorosa, mas os resultados com certeza serão muito mais seguros. Até porque mudar é desconstruir uma verdade já cedimentada/pronta da nossa realidade e o ser humano(preguiçoso/medroso/incauto) prefere não mudar, pois dá 'trabalho' reconstruir/reformar/retrabalhar o que já(hipotéticamente) já está pronto!!!

ILUSTRANDO O ATO INSEGURO!!!
Esta foto ilustra com perfeição um ato inseguro, pois a tarefa de colocar um equipamento em um nível mais alto, gerou várias situações de risco: 1) trabalhadores sem EPIs para desenvolverem atividades (todos); 2) uso de máquinas indevidamente (mangueira hidráulica pode romper e a carga cair, com os trabalhadores e o outro carro); 3) Trabalhadores se expondo ao acidente em locais extremamente perigosos; 4) Equipamento sendo transportado sem amarração, e de maneira arriscada usando outra empilhadeira. 5) uso de equipamento errado para a atividade…


Várias ações imprudentes podem ser observadas, identificou mais alguma?

Acidente de trabalho é aquele que acontece no exercício do trabalho a serviço da empresa, provocando lesão corporal ou perturbação funcional podendo causar morte, perda ou redução permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho.
 
O acidente de trabalho deve-se principalmente a duas causas:

1. Ato inseguro


É o ato praticado pelo homem, em geral consciente do que está fazendo, que está contra as normas de segurança. Ex. Ligar tomadas de aparelhos elétricos com mãos molhadas, se arriscar no trânsito em altas velocidades.

2. Condição Insegura

É a condição do ambiente de trabalho que oferece perigo e ou risco ao trabalhador. Ex. Instalação elétrica com fios desencapados, guindastes com cabos deteriorados, locais de trabalho com pregos espalhados pelo chão.

Eliminando-se as condições inseguras e os atos inseguros é possível reduzir os acidentes e as doenças ocupacionais, papel da Segurança do Trabalho e CIPA.


Não coloque sua vida em jogo, pratique trabalho seguro usando os EPIs corretamente, com atenção e bom senso, além de criar e manter a CIPA na empresa em que atua.
BOA SEMANA!!!

Nenhum comentário: