Total de visualizações de página

segunda-feira, 11 de maio de 2015

NR 04 - SESMT

ACEITAÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DO SESMT TST's!!!

Profissionais têm um desafio pela frente junto às empresas e trabalhadores.

Dentre os muitos problemas que temos em nossa área de atuação um dos mais importantes diz respeito ao não entendimento do trabalho de nossa área por nosso clientes. 

Importante pensar sobre isso porque se as pessoas mal sabem o que fazemos ou não - corremos um grande risco de estarmos sempre frustrando suas expectativas e por conseqüência jamais encontrarmos uma melhor posição dentro das organizações.
 
O que ocorre na verdade vem muito antes deste problema. 
 
Na verdade as pessoas não entendem bem o que é a prevenção de acidentes e associam a nossa área ao conjunto de tantas outras iniciativas paternalistas tão comuns em nossa sociedade. Para a grande maioria segurança se faz quando dá e por conseqüência o pessoal da segurança é ouvido quando se quer ouvir. No fundo praticar prevenção acaba sendo um beneficio, uma concessão e é claro que vendo as coisas assim não há muito o que fazer.
 
Daí em diante mesmo com as melhores formações possíveis e imbuídos da máxima boa vontade – os profissionais especializado são tragados por esta visão mais do que equivocada e dando força ao equivoco são responsabilizados por tudo que acontece de errado em termos de acidentes, O modelo de prevenção acaba sendo uma extensão da vontade do(s) profissional(is) do SESMT que precisaria ser mais do que um super herói para torna-lo real.
 
Isso leva a realidade que vemos na grande maioria das empresas. Em algumas delas colegas que vivem verdadeiros malabarismos tentando planejar, executar e inspecionar tudo, vivenciando quase que diariamente uma imensa série de conflitos e tendo em muitos casos que por em risco o emprego para exercer sua função e tão ruim quanto isso – vemos em outros locais – um estado de total apatia do corpo técnico prevencionista – alguns deles diga-se de passagem muito bem escondidos atrás das imensas pilhas de papeis que inventam para se manter no sistema.
 
Ao mesmo tempo e enquanto isso o trabalho segue ferindo, mutilando, adoecendo e matando e racionalmente sabemos que isso não interessa a ninguém.  Então o que falta ?
 
Falta com certeza uma analise mais profunda dos quadros que temos dentro das empresas e o entendimento por parte dos nossos colegas de que tal como qualquer área técnica e embora a nossa esteja toda baseada em normas legais – há necessidade de estratégias para que a área se torne conhecida junto aos nossos clientes. Assim costumamos dizer que falta um período de aproximação e de conhecimento – uma espécie de namoro – para que as partes se conheçam melhor e possam viver de forma mais harmoniosa.
 
Muito antes de oferecer um produto a um cliente – e prevenção de acidentes é um produto – precisamos tentar entender o quanto o cliente entende sobre aquele produto e se entende o quanto reconhece de utilidade e beneficio em adquiri-lo investindo nele seus recursos. Quando desconhecemos esta etapa estamos aumentando muito as dificuldades que teremos dali em diante.
 
Muitos de nossos colegas afirmam que a área da prevenção implica em atuar com muitos conhecimentos diversos e talvez nem saibam o quanto isso é verdadeiro e extenso. E aqui esta uma das ações que se espera de um SESMT maduro e bem preparado – conhecer e romper as barreiras que impedem a prevenção indo além do conceito de que as pessoas tem má vontade com a prevenção e entendendo que boa parte do que ocorre se deve a ignorância sobre o assunto, sua forma adequada e conteúdo.
 
Portanto, antes da técnica que tal um reconhecimento do ambiente em sua volta ? 
 
Que tal dedicar parte do seu tempo a conhecer as pessoas e avaliar mesmo que informalmente o grau de conhecimento e entendimento que elas tem sobre a atuação de nossa área e mesmo do profissional ? E é claro a partir das conclusões buscar ações que possam mudar paradigmas e reverter situações.
 
Não podemos esquecer que a grande complexidade da prevenção passa pela imensa complexidade humana e a grande aplicação e sucesso não está nos papeis que escrevemos, nas placas que instalamos, nos equipamentos que indicamos – mas na capacidade de fazer que as pessoas entendam que tudo isso tem valia e importância para seus negócios, objetivos e vidas.
 
Prevenir a resistência infundada a prevenção – uma etapa a mais para buscar o sucesso.

FONTE: Cosmo Palasio de Moraes Jr.





PPRA, PCMAT, PPP, PCMSO, CURSOS , 

PALESTRAS, LAUDOS E DDS 

CONTATE-NOS NO 

E-MAIL: ecs559@hotmail.com / lilianss9@hotmail.com





PARABÉNS TST's!!!


$$$ EMPREENDA, FAÇA E VENDA $$$



CULINÁRIA FÁCIL:

CARNE ASSADA DE PANELA:


INGREDIENTES:

  • 1 kg de miolo de acém
  • 2 folhas de louro
  • 2 colheres de sopa de vinagre
  • 1 cebola picadinha
  • 4 dentes de alho
  • 5 colheres de sopa de shoyu
  • Cominho a gosto
  • Pimenta branca a gosto
  • Sal a gosto
  • Noz-moscada a gosto
  • 1 colher de sopa de óleo
PREPARO:
  1. Misturar todos os temperos em um recipiente, acrescentar a carne deixar marinar por 30 minutos
  2. Aquecer a panela de pressão, acrescentar o óleo, a carne com o molho do tempero (não adicionar água)
  3. Tampe a panela e quando começar a panela pegar pressão baixe o fogo e marcar 1 hora, se precisar deixar mais um pouco
  4. A carne fica douradinha
  5. Batatas cozidas passadas no caldo da panela após retirar a carne, também fica muito bom

BOLO DE MILHO

INGREDIENTES:
3 ovos
1 lata de milho em conserva (com a água)
1 lata de leite
1 lata de Milharina
1 lata de açúcar
1/2 lata de óleo
1 pacote de coco ralado de 50 g
1 colher de fermento em pó
Preparando:
Colocar o ovo,leite e o óleo no liquidificador
Bater por 3 minutos
Acrescentar os demais ingredientes, menos o fermento
Bater por mais 4 minutos
Por último acrescente o fermento e bata por 1 minuto
Coloque em uma assadeira untada
Deixe assar por 50 minutos
MENSAGEM:

Nenhum comentário: