Total de visualizações de página

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Segurança no Trabalho - Perigos Químicos


RISCOS QUÍMICOS NO TRABALHO
Definição

Os agentes químicos são produtos ou substâncias que possam penetrar no organismo pela via respiratória, nas formas de poeiras, fumos, névoas, neblinas, gases ou vapores, ou que, possam ter contato ou ser absorvidos pelo organismo através da pele ou por ingestão.

Medidas de Controle
Sempre que forem identificados riscos potenciais à saúde, deverão ser adotadas as medidas necessárias e suficientes para a eliminação, a minimização ou o controle dos riscos químicos existentes nos ambientes de trabalho. Medidas de proteção devem ser adotadas sempre que a concentração dos agentes químicos no ar atinja a metade do valor recomendado como LT (Limite de Tolerância), valor esse denominado “nível de ação”, de acordo com a NR-15 da Portaria 3214/78. As ações devem incluir a adoção de medidas de proteção coletiva e individual, além da realização periódica de avaliações ambientais (medições) para o monitoramento da exposição, o controle médico sistemático e a informação aos trabalhadores.


O que é uma substância química

À rigor, tudo é uma substância química. Logo, sempre que nos referirmos as substâncias químicas, estamos falando das nocivas, aquelas que podem interferir no organismo do ser humano de modo a oferecer potenciais riscos a sua saúde.

Um exemplo cotidiano de atividade que oferece risco químico, são os postos de gasolina, onde os funcionários (principalmente os frentistas) e clientes estão permanentemente expostos aos efeitos dos combustíveis, como gasolina, álcool e gás natural.
Estas substâncias são nocivas à saúde, além de oferecer o iminente risco de explosão.

Farmacêuticos, Químicos e Engenheiros Químicos frequentemente estão trabalhando com substâncias que podem ser extremamente nocivas, seja pelo contato com a pele, por vias respiratórias ou digestiva.



Os perigos dos riscos Químicos

Sempre que falamos em riscos e acidentes do trabalho, a primeira coisa que nos vem a mente são os riscos físicos, com impactos, ruídos, quedas, acidentes com maquinário ou incêndios.

Mas os problemas do tipo químicos são muito mais perigosos e nocivos. Um acidente com combustível ou ácido, por exemplo, oferecem riscos muito mais graves que qualquer ambiente com insalubridade de vibração ou ruído, por exemplo.

Os erros em ambientes que trabalham sob risco químico são bem mais graves e preocupantes que os erros que podem ocorrer por conta dos riscos físico.
Uma pequena falha em uma indústria química pode liberar vapores ou substâncias tóxicas que podem levar a morte de diversos funcionários.

Um grande exemplo de uma catástrofe em que foi possível ver os efeitos devastadores dos riscos químicos, foi a explosão da usina nuclear de Chernobyl, em que substâncias radioativas foram liberadas, matando [] pessoas, ferindo várias outras e deixando sequelas em muitas (e em seus filhos). A gravidade e proporção de um problema desses é tão grande que até hoje, [] anos depois, a cidade é praticamente deserta, pois ainda é arriscado viver lá.

Exemplos de trabalho com exposição ao risco químico

Segunda a Química, o que define se uma substância oferece risco ou não, é a dose.
Até água, se você tomar em excesso, pode fazer mal.
Assim como nem todo ácido é prejudicial. De fato, seu estômago usa ácido durante o processo digestivo.

Portanto, durante esta seção de riscos químicos de nosso curso de Segurança e Saúde Industrial, quando falarmos em substâncias químicas, estamos nos referindo de tal substância em níveis nocivos e prejudiciais ao organismo de um ser humano.

Dentre as diversas atividades e substâncias que oferecem riscos químicos, podemos citar:
  • Substâncias inflamáveis - álcool, gasolina, querosene
  • Substâncias explosivas - pólvora
  • Substâncias corrosivas - ácidos e bases fortes
  • Substâncias irritantes
  • Fumaças - fuligem de escapamento de carro, de borracha etc

O que são pictogramas

Pictogramas são figuras como essa a seguir, pretas com fundo laranja que representam algum dos vários tipos de riscos químicos.
Curso de Saúde e Segurança do Trabalho

Elas são figuras universais. Ou seja, representam a mesma coisa em qualquer lugar.

Por exemplo, o pictograma mostrado representa risco químico de substância corrosiva.

Não há nada escrito, justamente para simbolizar a mesma coisa não importando que língua você fale.

É extremamente importante que o profissional de Segurança do Trabalho conheça todos os pictogramas.



CURSOS EM ANDAMENTO:

CAPACITE-SE TRABALHADOR!!!

APENAS 25 VAGAS POR TURMA!!!


PARABÉNS PELO NÍVER TST!!!


$$$EMPREENDA, FAÇA E VENDA$$$


CULINÁRIA FÁCIL:

CARNE SECA ACEBOLADA
INGREDIENTES
500g de carne seca dessalgada

1 cebola grande picada em tiras

1 pimenta dedo de moça picadinha

3 colheres de sopa de manteiga de garrafa (caso não tenha 

pode substituir pela manteiga tradicional)

cebolinha picada na diagonal à gosto(OPICIONAL)


PREPARO:
O primeiro ponto da receita de hoje é dessalgar a carne 

seca! Caso já tenha passado por esta etapa, vamos em 

frente.


Coloque a carne seca numa panela de pressão, adicione 

uma quantidade de água suficiente, e cozinha a carne seca 

por cerca de 20 a 30 minutos. Você deve contar o tempo de 

cozimento a partir do momento que a panela começar a 

chiar!!! 


Enquanto a carne cozinha, siga para o pré preparo dos 
demais ingredientes: corte as cebolas, pique as pimentas e a cebolinha.

Aqueça uma frigideira, adicione a manteiga de garrafa e saleie a cebola até que fique cozida. Reserve.

Neste momento, a carne deve estar cozida. Retire a pressão da panela, escorra a água e vamos para próxima etapa.

Vamos desfiar nossa carne seca. Você pode fazê-la com a ajuda de dois garfos. Vá puxando pedaços de carne no sentido da fibra da carne. Existem várias técnicas para fazer 
este preparo. Particularmente, este é o que mais utilizo.

Uma outra técnica, é utilizar um pano de prato limpo, dispor os pedaços de carne sobre o pano, dobrá-lo, e deslizar uma das extremidades para o sentido oposto de seu corpo de forma que as fibras se soltem.mo, aqueça novamente a frigideira, adicione a carne seca desfiada e misture bem.


Adicione a pimenta dedo de moça picadinha, e mexa novamente.

Desligue o fogo e coloque a carne num recipiente para servir.

SALADA DE FEIJÃO BRANCO

Ingredientes
1 lata(s) de atum sólido em óleo
1 xícara(s) (chá) de feijão fradinho
1 xícara(s) (chá) de feijão branco
1 unidade(s) de cebola média(s)
3 colher(es) (sopa) de catchup
1/2 unidade(s) de pimentão vermelho em cubos pequenos
1 colher(es) (chá) de sálvia
2 colher(es) (sopa) de shoyu
4 colher(es) (sopa) de Óleo de gergelim
4 colher(es) (sopa) de cebolinha verde picada(s)
quanto baste de sal
Como fazer
Coloque numa travessa os 4 primeiros ingredientes misturados. Reserve.
Misture bem os demais ingredientes, exceto a cebolinha e cubra a salada reservada.
Salpique com a cebolinha.
Sirva gelada.
Dica: Pode substituir o óleo de gergelim por Azeite de Oliva.
Tempo de preparo: 30 minutos



AMENDOIM DOCE CROCANTE:


Ingredientes:

1 xícara(s) (chá) de amendoim

1 xícara(s) (chá) de açúcar
1/2 xícara(s) (chá) de Água
1 colher(es) (café) de fermento químico em pó
Como fazer
Misture todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo.
Mexa até secar.
Prepare com muita atenção, pois ele seca de repente.
Coloque em uma fôrma e leve ao forno por alguns 

minutos.
Deixe esfriar.



MENSAGEM:


Nenhum comentário: