terça-feira, 13 de março de 2012



Prevenção de Acidentes : Escorregões, Tropeços, Quedas e Aleijões!!!

 O que Fazer para Prevenir?!?

No Mês de Fevereiro/2012 Uma Parente Minha Levou Um Tombo De uma Escada NÃO ADEQUADA ao Serviço de Rejunte de Paredes Tendo Uma Lesão no Coccix(final da coluna cervical) Na Construção Civil de Porto Velho/RO  e Ficando Afastada Para Cuidados Médicos!!! Fato é que: Embora Tenha Periodicamente Pedido aos Seus Encarregados Um Aparelho Adequado ao Seu Trabalho NÃO foi Ouvida!!! Será que terão que perder um trabalhador ou aleijá-lo para ouvir seus clamores pertinentes?!?!?

 
 Os acidentes podem matar e mutilar. Afetam todos os setores da economia, mas o problema é particularmente grave nas pequenas e médias empresas (PME).
Para além do custo em termos de perda de vidas e de sofrimento para os trabalhadores e as suas famílias, os acidentes afetam as empresas e a sociedade em geral. Diminuição dos acidentes significa também diminuição das ausências por doença, dos custos e das perturbações do processo produtivo. Além disso, permite às entidades patronais poupar despesas de recrutamento e formação de novo pessoal e reduzir os custos de reformas antecipadas e de prémios de seguro.
Os escorregões, tropeções e quedas são a causa mais freqüente de acidentes em todos os setores, desde a indústria transformadora pesada ao trabalho de escritório. Entre os demais perigos, pode referir-se a queda de objetos, as queimaduras térmicas e químicas, incêndios e explosões, substâncias perigosas e stresse. Para prevenir acidentes no local de trabalho, as entidades patronais devem instaurar um sistema de gestão da segurança que inclua a avaliação de riscos e procedimentos de acompanhamento.

Reduzir os acidentes no local de trabalho: conselhos para as entidades patronais 

Painel "Prevenindo Escorregões e Quedas"

 Escorregões, Tropeções e Quedas

Os escorregões, tropeções e quedas são a causa mais frequente de acidentes em todos os setores, desde a indústria transformadora pesada ao trabalho de escritório. Contudo, há medidas simples que podem ser tomadas para reduzir o risco de lesões. Sempre que possível, o objetivo consiste em eliminar os riscos na origem, por exemplo, nivelando pavimentos irregulares. A segunda melhor opção consiste na substituição, por exemplo, utilizando um método alternativo de limpeza dos pavimentos; a opção seguinte é a separação, por exemplo, utilizando barreiras para vedar o acesso dos trabalhadores aos pavimentos molhados. A medida final é a protecção, por exemplo, usando calçado de protecção e solas antiderrapantes. Os equipamentos de proteção individual(EPI's) devem ser utilizados após se terem esgotado todas as medidas técnicas e de proteção colectiva.

Prevenção Eficaz
 

  • Uma boa ordem — mantenha o espaço de trabalho limpo e arrumado, com pavimentos e vias de acesso isentos de obstáculos. Remova os resíduos regularmente, de modo a que não se acumulem.
  • Limpeza e manutenção — os resíduos devem ser removidos regularmente e as áreas de trabalho devem estar desobstruídas. Os métodos e os equipamentos de limpeza devem estar adaptados à superfície a tratar.
  • Iluminação — assegure bons níveis de iluminação e o posicionamento das luzes para uma distribuição homogénea da iluminação em toda a superfície dos pavimentos e para que todos os potenciais perigos, obstruções e derramamentos possam ser facilmente vistos.
  • A superfície dos pavimentos deve ser verificada com regularidade para detectar possíveis estragos e, sempre que necessário, deve proceder-se à sua manutenção. Constituem perigos potenciais buracos, fissuras, pisos do tipo aplicável artificial (eucatex) ou de feltro e tapetes soltos, entre outros. A superfície dos pavimentos deve ser adaptada ao trabalho a executar; pode, por exemplo, ter de ser resistente aos óleos e produtos químicos utilizados nos processos de produção. O revestimento ou tratamento químico dos pavimentos pode melhorar as suas características antiderrapantes.
  • Escadas — os corrimãos, os revestimentos de degraus antiderrapantes, uma visibilidade muito boa e marcações antiderrapantes das arestas dos degraus, bem como uma boa iluminação, podem ajudar a prevenir os escorregões e tropeções em escadas.
  • Derramamentos — os derramamentos devem ser imediatamente limpos com um método de limpeza adequado. Sinalize perigo onde o pavimento está molhado e organize vias de circulação alternativas.
  • Obstruções — sempre que possível devem ser removidas. Caso não seja possível removê-las, devem ser utilizadas barreiras adequadas e afixados avisos de perigo.
  • Cabos de manobras — coloque o equipamento de modo a que os cabos não atravessem as vias de circulação pedonal. Cubra os cabos e prenda-os aos pavimentos.
  • Calçado — os trabalhadores devem dispor de calçado adequado. Tome em consideração o tipo de trabalho, a superfície dos pavimentos, as condições de pavimento típicas e as propriedades antiderrapantes das solas.
  • Os locais de trabalho exteriores devem ser organizados de modo a minimizar os riscos, nomeadamente através de medidas antiderrapantes em caso de gelo e da utilização de calçado adequado.

 Lista de Verificação da Prevenção de Acidentes

  • Foram claramente definidos os procedimentos e as responsabilidades em matéria de saúde e segurança e todos conhecem as responsabilidades próprias e alheias?
  • Sabe o que tem de fazer para cumprir a legislação em matéria de saúde e segurança? Se não sabe, designou uma pessoa competente que o possa aconselhar?
  • Identificar os principais riscos para a saúde e a segurança e tomar medidas com vistas à sua eliminação ou redução?
  • As suas disposições relativas à manutenção do equipamento de trabalho são adequadas?
  • Forneceu aos seus trabalhadores o equipamento necessário para se protegerem contra riscos que não podem ser evitados por outros meios? Dar formação sobre a utilização desse equipamento?
  • Forneceu informação aos trabalhadores sobre os riscos existentes, lhes deu formação sobre métodos de trabalho seguros e procedimentos de emergência?
  • Consultar os seus trabalhadores sobre questões de saúde e segurança, incluindo alterações a nível da política, dos métodos de trabalho e do equipamento?
  • Os seus trabalhadores sabem como comunicar a falta de condições de segurança e a ocorrência de acidentes?
  • Tomar medidas imediatas para investigar acidentes, quase-acidentes e problemas assinalados?
  • Inspecionar regularmente o local de trabalho e verificar se os trabalhadores observam os procedimentos de segurança no trabalho?
  • Dispõe de algum mecanismo para rever a sua política de saúde e segurança, bem como os métodos de trabalho?



  




DICAS LEGAIS PARA SEGUIR
EMPREENDA E VENDA - RENDA EXTRA NA PÁSCOA...CAIA DENTRO TRABALHADORES!!!


















CULINÁRIA FÁCIL...
LASANHA DE ABOBRINHA...
Ingredientes:

1 abobrinha verde média cortada bem fina
1/2 peito de frango cozido e desfiado
cebola roxa
alho desidratado
Molho de 5 tomates
Cheiro verde
Sal a gosto
Modo de Preparo:
Cozinhe o peito de frango, desfie e reserve. Faça o molho com os tomates e refogue com a cebola roxa, acerte o sal. Adicione o peito de frango ao molho e salpique o cheiro verde picado. Coloque uma camada de molho, em seguida faça uma camada de abobrinha, coloque mais uma cama de molho e salpique por cima alho desidratado, coloque mais uma camada de abobrinha e vá intercalando até o final.

 SALADA DE FRUTAS CREMOSA

Ingredientes:
1 embalagem de Nata (390 grs)
1 lata de Leite Condensado
Frutas da estação picadas
Modo de Preparo:

Na batedeira, bata a nata até formar um creme. Continue batendo e acrescente o leite condensado aos poucos, até formar um creme. Pique as frutas que escolheu em cubinhos. Pegue taças compridas e individuais e despeje uns 3 dedos de creme, coloque uns 2 dedos das frutas e termine com uma camada de creme. Decore com algumas frutas inteiras ou em fatias. Coloque na geladeira e sirva gelado

MENSAGEM...


Um comentário:

Maria Reciclona disse...

Olá. Passei para conhecer seu blog e vi que você postou aqui meu passo a passo do vaso reciclado de tetrapack. Esse trabalho é realmente muito apropriado para uma renda extra. Gostaria, no entanto de lhe solicitar que publique na postagem, o link do meu blog: mariareciclona.blogspot.com.br
para que seja assim dado o devido crédito e também para que os seus visitantes possam ir diretamente ao blog conhecer a fonte do trabalho e outras idéias que podem ser igualmente uteis na geração de renda . Desde já agradeço. Um abraço.